Petróleo Brent chega a 71,35 dólares por barril

O Brent negociado em Londres ̶ referência para as exportações angolanas e nigerianas ̶ fechou a 71,31 dólares o barril, o mais alto desde janeiro de 2020

Os preços do petróleo atingiram o preço mais alto desde janeiro de 2020.

Os preços do petróleo dispararam nesta quarta-feira (2 de junho), atingindo o seu maior nível em mais de um ano, com a decisão da OPEP e seus aliados ̶ conhecida por (OPEP +)  ̶   de seguir o plano de restauração gradual da oferta, em paralelo com o ritmo lento das negociações nucleares entre o Irão e os Estados Unidos da América, segundo noticias da agência Reuters.

O Brent negociado em Londres  ̶  petróleo de referência para as exportações angolanas e nigerianas  ̶  fechou a 71,31 dólares o barril, queda de 4 centavos depois de atingir seu maior valor desde Maio de 2019, 71,35 dólares  no início da sessão.

Por seu lado o petróleo dos EUA, conhecido como West Texas Intermediate (WTI) fechou em 68,83 dólares o barril, após ter atingindo os 69,00 dólares durante a sessão, o maior valor desde outubro de 2018.

Os preços estão quase o dobro do valor estabelecido como referência para o Orçamento Geral do Estado para este ano, que é de 39 dólares, o barril. O preço desta quarta-feira é o mais alto desde Janeiro de 2020.

Nos últimos sete meses, os preços do petróleo dobraram. Em Novembro de 2020, o barril chegou a valer 36 dólares acima dos 19 dólares registados em Abril do mesmo ano. A sequência de quedas diárias dos preços iniciou em Janeiro, quando o barril estava cotado em 71 dólares e, em pouco mais três meses caiu para metade.

“O mercado de petróleo deu as boas-vindas à decisão da OPEP + de manter o seu plano de produção existente e, em conjunto com as indicações de procura global positiva, os preços subiram ainda mais hoje”, disse Louise Dickson, analista de mercados de petróleo da Rystad Energy.

Esperando uma recuperação da procura, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados, (OPEP +) , concordou nesta terça-feira, 2 de junho 2021, em manter o seu plano de reduzir gradualmente as restrições ao fornecimento até julho 2021.

A reunião da OPEP + durou 20 minutos, a mais curta da história do grupo, indicando a união entre os seus membros e sua confiança na recuperação do mercado, segundo analistas citados pela agência de notícias económicas Reuters.

Dados da OPEP + mostram também que o grupo está agora mais otimista sobre o ritmo de rebalanceamento no mercado de petróleo do que há um mês.

O ministro da Energia da Arábia Saudita, Príncipe Abdulaziz bin Salman, disse que a sólida recuperação da procura nos EUA e na China e o ritmo das campanhas de vacinação contra o Covid-19 só podem levar a um maior reequilíbrio do mercado global de petróleo.

“Esperamos que os preços do petróleo ultrapassem os US $ 70 por barril em meados do ano”, disse Norbert Rucker, analista do banco suíço Julius Baer, citado pela Reuters.

Analistas também disseram que o lento progresso das negociações nucleares com o Irão oferece espaço para que a procura recupere antes que o petróleo iraniano retorne ao mercado, se um acordo for fechado com os EUA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome