100 milhões de dólares para energias renováveis.

A empresa britânica de energias renováveis Konexa assinou um acordo com a Kano State Electricity Distribution Company (Kedco) e a Nigeria Sovereign Investment Authority (NSIA) para a implantação projetos de energias renováveis no estado de Kano, no norte da Nigéria

Espera-se que a capacidade de produção de eletricidade no estado de Kano aumente até 2022. Esta é a promessa feita pela Konexa, uma produtora de erenergias renováveis com sede em Londres, Reino Unido.

A empresa, que tem focado a sua estratégia de desenvolvimento na África Subsaariana, assinou recentemente um acordo com a Kano State Electricity Distribution Company (Kedco), empresa que fornece a concessionária de eletricidade no estado de Kano, na Nigéria.

O acordo cobre a implantação de energias renováveis no estado do norte da Nigéria. A empresa planeia investir US $ 100 milhões com o apoio da Autoridade de Investimento Soberana da Nigéria (NSIA). No âmbito desta parceria, a implantação de energia solar será favorecida devido à sua acessibilidade e ao potencial natural do norte da Nigéria (Sahel).

“Essa parceria permite-nos atrair investimentos para melhorar a confiabilidade e a qualidade do fornecimento aos nossos clientes. Temos soluções dentro e fora da rede. A Energia Solar é uma solução fora da rede e existem outras soluções que a Konexa traz”, disse Jamil Gwamna, diretor administrativo da Kedco.

A meta de 10 MW até 2022

Na Nigéria, a eletricidade da rede pública é distribuída por 11 empresas chamadas DisCos. A Konexa planeja expandir a rede da Kedco para 10 MW até 2022. A concessionária, que fornece serviços de eletricidade nos estados de Kano, Jigawa e Katsina, também pode se beneficiar de outros serviços da Konexa, incluindo a reabilitação da rede de distribuição e maximização da receita com a venda de eletricidade aos consumidores.

“Isto é importante dado o estado do setor elétrico na Nigéria, onde muitos DisCos estão com dificuldades financeiras, mesmo que seja apenas para pagar pela eletricidade que lhes é fornecida. Portanto, acreditamos que a Konexa dará uma contribuição significativa para resolver o problema do setor elétrico na Nigéria”, disse Pradeep Pursnani, diretor administrativo da Konexa.

Experiência semelhante no estado de Kaduna

A produtora de energias renováveis também pretende aproveitar os resultados do seu projeto em Kano para investir em outros estados da federação nigeriana. A Konexa, tal como Mercados Africanos tinha noticiado,  já atua no estado de Kaduna, onde está a implementar diversos projetos, incluindo a construção de centrais solares de pequena escala com capacidade total de 2,5 MW.

A empresa também quer adquirir 30 MW de energia hidroelétrica de uma barragem desativada.

Para esses dois projetos, a Konexa recebeu uma doação da Agência de Comércio e Desenvolvimento dos EUA (USTDA) em 2020.

Para sua implantação na Nigéria, o produtor de energias renováveis poderá contar com outros parceiros, nomeadamente os Gestores do Fundo do Clima, a Fundação Rockefeller, o Departamento para o Desenvolvimento Internacional (DFID) do governo britânico, a Fundação Shell e a Power África, uma iniciativa do governo dos Estados Unidos para a eletrificação de África.

O que pensa sobre isto? A Nigéria sai beneficiada ou é só mais um a explorar África? Dá-nos a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.