120 milhões de dólares para a banda larga.

Para ajudar a fortalecer a infraestrutura de banda larga e melhorar o acesso online a serviços digitais para indivíduos e empresas em mais de 12 países na África Subsaariana, a Convergence Partners  ̶  uma empresa de gestão de investimentos focada na tecnologia e setores de telecomunicações em África  ̶ anunciou esta sexta-feira, 23 julho 2021, que levantou quase 120 milhões de dólares.

Esses recursos foram obtidos junto a um consórcio de instituições financeiras, incluindo o Grupo CDC, a francesa Proparco, o Banco Europeu de Investimento (EIB), a Sociedade Financeira de desenvolvimento (DFC na sua sigla em Inglês) e a Sociedade Financeira Internacional (IFC na sua sigla em Inglês) que participou com 25 milhões.

Estes fundos apoiarão empresas e projetos de infraestrutura digital crítica, incluindo redes de banda larga, sistemas de cabo de fibra ótica , torres móveis, plataformas de provedor de serviço digital e centros de dados, Internet das Coisas, Inteligência Artificial, 5G, adicionando nova conectividade e capacidade de centro de dados em muitos países da África onde essa infraestrutura é atualmente limitado.

A pandemia COVID-19 acelerou a adoção de tecnologias digitais e a procura por infraestrutura digital para apoiar a conectar empresas com clientes e fornecedores, criando novos canais de acesso a serviços de saúde e educação e capacitar empreendedores.

No entanto, a pandemia também expôs a exclusão digital em África.

O acesso à Internet na África depende principalmente de redes móveis. A penetração da banda larga móvel é de apenas 34 por cento e da banda larga fixa em menos de 5 por cento na maior parte da África Subsaariana, excluindo a África do Sul.

Em África também existe uma grande divisão de conectividade urbana e rural, com 28% das famílias urbanas tendo acesso à Internet, em comparação com apenas 6% nas áreas rurais, de acordo com a União Internacional de Telecomunicações (UIT).

“O aumento da conectividade de banda larga apoia o crescimento económico, a criação de empregos e a qualidade de vida. Juntos, podemos ajudar a conectar mais casas e empresas africanas, para preencher a lacuna de financiamento de infraestrutura digital de 100 mil milhões de dólares para alcançar conectividade universal até 2030 “, disse Makhtar Diop, diretor da Sociedade Financeira Internacional.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.