15 milhões de dólares para microfinanças no Chade.

(principal: TOP6/país: Chade/sub-região: Africa central)

O Chade vai investir 13 milhões de dólares para desenvolver as microfinanças e apoiar o empreendedorismo juvenil e das mulheres

O sistema financeiro do Chade apresenta várias dificuldades, entre elas, o acesso aos serviços financeiros sobretudo para as mulheres e jovens, e que dificultam o desenvolvimento do empreendedorismo, ao mesmo tempo que contribuem para o aumento do desemprego juvenil.

Este financiamento, baseado em microfinanças, contribuirá para ajudar a resolver esta situação de uma forma sustentável, através de um projeto concebido numa abordagem programática em várias fases.

O objetivo é o de facilitar o acesso das populações vulneráveis a serviços financeiros e não financeiros inovadores e seguros, incluindo serviços digitais, para fomentar o empoderamento económico das mulheres e dos jovens.

O projeto

O projeto que será o veículo através do qual as ações financiadas chegarão às populações está estruturado em torno de três componentes complementares:

  1. melhorar a oferta de serviços de microfinanças e desenvolver as finanças digitais;
  2. melhorar a procura de serviços financeiros por mulheres e jovens para reforçar o ecossistema empresarial nas zonas rurais; e
  3. apoiar a gestão do projeto.

O financiamento provém de várias fontes, uma delas o BAD que aprovou no dia 5 de dezembro 2021, em Abidjan, uma subvenção de 13,6 milhões de dólares através do Mecanismo de Apoio à Transição, um mecanismo de financiamento criado em 2008 para complementar os recursos atribuídos aos Estados frágeis e afetados por conflitos.

O programa, que irá suportar as microfinanças, deverá decorrer até 2026, beneficiará também de contribuições da Iniciativa Financeira das Mulheres Africanas (AFAWA) e do Mecanismo Africano de Inclusão Financeira Digital (ADFI), que contribuirão cada um com 699.000 dólares. O governo chadiano aportará um valor semelhante.

Segundo o representante nacional do Banco Africano de Desenvolvimento no Chade, Ali Lamine Zeine, “o projeto terá um impacto considerável no Chade porque se baseia numa abordagem inovadora e original que envolve também o setor privado”.

O que achas deste tipo de projetos para mulheres e jovens? Dá-nos a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.