2 estudantes tanzanianos criam fertilizante agrícola à base de cabelo.

Todos os dias, milhares de quilos de cabelo humano vão para o lixo após o corte. Na Tanzânia, dois conseguiram transformá-lo em fertilizante, melhorando a produção dos agricultores da cidade de Arusha.

CutOff Recycle, uma empresa de fabricação de fertilizantes agrícolas em Arusha, na Tanzânia, usa cabelo humano como a sua matéria-prima.

Na verdade, estes últimos contêm uma grande quantidade de queratina, carbono, oxigênio e principalmente nitrogênio, elementos que constituem nutrientes que ajudam as plantas a crescer e a se fortalecer.

Após 3 meses em laboratórios a testar diferentes métodos, Jackson Ojungu e o colega Mtanzania David Denis, ambos estudantes, finalmente optaram por um tratamento com hidróxido de potássio.

Segundo eles, o seu fertilizante líquido pode ser usado pelos agricultores e a produção de um litro de fertilizante líquido requer apenas 50 gramas de cabelo misturado com água e hidróxido de potássio.

O produto resultante é vendido pelo equivalente a 80 cêntimos de euro.

Além de fazer fertilizantes, o cabelo humano é usado em muitas outras áreas. Para servir de barreira contra derramamentos de óleo, ou para fornecer circuitos elétricos, esses restos de cabelo representam uma verdadeira matéria-prima útil para muitas empresas.

Embora a sua reciclagem e uso ainda não sejam generalizados, os dois estudantes podem provar que o cabelo humano pode ser valioso e constituir uma nova economia verde.

No caso da agricultura, os dois estudantes tanzanianos demonstraram que os cabelos reciclados são particularmente eficazes para a compostagem.

Para o agricultor, esse método ecologicamente correto e de menor custo tem, além dessas vantagens, resultados satisfatórios.

E a start-up começa a assinar parcerias.

Tal foi o caso com produtor de tomate Fabian Mukazibila que trabalha com a CutOff Recycle e diz que a produção aumentou 25%.

A CutOff Recycle que já possui vários clientes regulares, está agora, a trabalhar para obter a certificação orgânica para vender o seu fertilizante à base de cabelo humano, em maior escala.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.