2022, Bolsa de Valores (BRVM) começa ano em alta.

As cortinas do ano 2021 desceram sobre a Bolsa de Valores Regional (BRVM) da África Ocidental, comum aos oito (8) países da UEMOA: Benim, Burquina Faso, Costa do Marfim, Guiné-Bissau, Mali, Níger, Senegal e Togo.

Apesar da persistência da pandemia COVID-19, a BRVM bateu novos recordes no ano que agora terminou, 2021…

A 31 de dezembro de 2021, o centro financeiro comum aos 8 países da UEMOA ultrapassou o limiar de 6.000 biliões de francos CFA em capitalização de mercado de ações, enquanto a do mercado obrigacionista (títulos de dívida) ascendia a 7,247 mil milhões, representando aumentos anuais respetivos de 39,33% e 19,76%.

O índice BRVM 10 fechou o ano 2021 com alta de 17,29% e o BRVM Composite em 39,15% face ao ano de 2020 confirmando o ciclo de subida iniciado desde os primeiros meses de 2021, quebrando a tendência de queda observada desde 2016.

O valor das transações, por sua vez, era a 31 de Dezembro de 2021 de 722 biliões de FCFA, um aumento de 293% em relação a 2020.

A última vez que esse índice ultrapassou a marca de 35% foi em 2013, quando havia aumentado 39,3%, segundo dados de mercado coletados pela Agência Ecofin.

Pela primeira vez desde 2010, o índice alinhou 11 altas consecutivas, entre fevereiro e dezembro de 2021.

Além disso, 4 empresas da BRVM estavam entre as 10 empresas listadas mais bem-sucedidas na África, de acordo com dados da Capital IQ, as duas primeiras das quais são Nestlé CI (+ 1357,8%) e Société ivoirienne des tabacs (+ 985%).

Esses desempenhos atestam o moral sólido dos investidores e a resiliência do BRVM, cuja atratividade permanece intacta apesar da crise de saúde.

Em 2021, a BRVM estaria entre as três primeiras das principais bolsas de valores africanas em termos de desempenho do índice.

Segundo a agência ecofin a evolução em 2022 voltará a depender da qualidade dos resultados anuais das empresas cotadas.

Embora não sejam os mais numerosos, existe um grupo de investidores neste mercado que são sensíveis à informação financeira e que regulam a dinâmica do mercado bolsista, consoante visem ganhos de curto e médio prazo ou não.

 

Segues as bolsas de valores africanas? Conheces a BRVM? Dá-nos a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.