50 milhões de dólares para fábrica de algodão.

Na Tanzânia, o algodão é uma das principais culturas de rendimento. Embora o país seja um dos mais importantes no continente em termos de oferta, procura atualmente reforçar o valor acrescentado do setor para criar empregos e gerar receitas de exportação.

A empresa queniana Basra Textiles acaba de inaugurar uma fábrica que custa 5,7 mil milhões de xelins tanzanianos (50 milhões de dólares) em Zanzibar.

Localizada na região de Chunguni, tem capacidade de produção de 250 mil metros de poliéster por dia, ou cerca de 7 milhões de metros de tecido por mês.

Segundo Ahmed Othman, CEO da Basra Textiles, a fábrica deverá exportar para diversos mercados, como a África Central, outros membros da Comunidade da África Oriental (ECA), Europa e EUA.

Neste último país, a empresa pretende tirar partido do AGOA, que permite aos produtos tanzanianos beneficiarem de isenção de direitos aduaneiros no mercado americano.

De acordo com Othman, a fábrica deverá ser desenvolvida em três fases até 2024 e criará 1.600 empregos.

Como lembrete, a Tanzânia é o principal produtor de algodão na África Oriental e o líder africano em algodão orgânico.

No país, o algodão é cultivado em cerca de 400.000 hectares e a colheita anual é de cerca de 300.000 toneladas.

Os subprodutos do algodão incluem: óleo de semente de algodão usado para consumo humano e fabrico de sabão, alimentação animal e resíduos utilizados para a indústria, como polimento de roupas e limpadores. Além disso, os talos de algodão podem ser usados ​​na produção de briquetes para aquecimento, composto, estrume, polpa de papel e caixas de papelão ondulado.

 

O que achas disto? O esforço de industrialização na Tanzânia está a dar frutos? Queremos a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”

close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.