O Banco Africano de Exportações e Importações (Afreximbank) diz que a implementação do acordo de livre comércio no continente africano pode aumentar as exportações em 84 mil milhões de dólares, fazendo o comércio intrarregional chegar aos 231 mil milhões, ou seja, 22% do comércio total.

Segundo um relatório lançado esta semana, o Afreximbank argumenta que este aumento pode acontecer pela simples entrada em vigor do documento, a 1 de janeiro 2021, mesmo que todas as outras condições se mantenham.

A maioria destes ganhos viriam da África Austral, de setores que “já provaram ser internacionalmente competitivos e que têm boas perspetivas de sucesso nas exportações para outros mercados africanos”, segundo o Relatório sobre o Comércio Africano deste ano, que aponta as matérias-primas minerais, a maquinaria, os produtos alimentares e os veículos automóveis como exemplos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.