África do Sul angaria 23M milhões dólares.

O Presidente Cyril Ramaphosa abriu a Conferência de Investimentos nesta quinta-feira, 24 de Março de 2022, com uma mensagem de otimismo e determinação face a uma pandemia global, fortes ventos contrários à economia, e milhões de empregos perdidos.

No entanto não escondeu os problemas atuais do país que paralisaram o investimento e sufocaram o crescimento económico, incluindo a crise energética, ineficiências logísticas, escassez de habilidades e Covid-19, entre outros.

“Encontramo-nos numa altura em que o nosso país enfrenta enormes desafios, mas com grandes oportunidades e promessas. A nossa economia foi gravemente prejudicada com a perda de dois milhões de empregos”.

“Estou aqui para partilhar convosco o que tem sido feito e o que estamos a fazer”, disse Ramaphosa.

O Presidente da África do Sul delineou as medidas que o seu governo tinha tomado, incluindo pacotes de ajuda social e económica, e descreveu-as como “reformas difíceis, mas necessárias”, na energia, empresas estatais, e nos setores do orçamento e fiscalidade, todas destinadas a impulsionar o crescimento económico.

O presidente sul-africano disse que “nenhuma economia pode funcionar sem um fornecimento fiável de eletricidade”, afirmou, acrescentando que as reformas em curso no setor energético incluíam mudanças na Eskom, o fornecedor de energia do país, e noutras áreas.

Acrescentou que as reformas incluíam acrescentar nova capacidade de geração, principalmente através de fontes de energia eólicas e solares.

Anunciou que uma equipa de trabalho presidencial criada para fazer avançar a transição energética justa do país para uma economia de transmissão de baixo carbono estava no bom caminho. “Convidamos-vos a fazer parte da história de crescimento da África do Sul”, sublinhou ele.

Durante o evento o governo sul-africano conseguiu angariar 332 mil milhões de rands (cerca de 23 mil milhões de dólares) em compromissos de investidores que prometeram apoiar os projetos de recuperação económica na África do Sul.

 

O que achas da economia da África do Sul? Esta ideia de angariar fundos para projectos públicos não vai criar maus precedentes entre a população? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

Imagem: © 2022 African Development Bank
close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.