O Governo da África do Sul pagou 19,2 milhões de dólares para garantir a entrada na Covax, a plataforma de gestão de vacinas para os países mais vulneráveis, anunciou o Ministério da Saúde da economia mais industrializada da região.

De acordo com o texto, o pagamento representa um valor de 15% do total necessário para garantir vacinas para cerca de 6 milhões de pessoas no país mais afetado em África, que regista quase 1 milhão de infeções e se aproxima rapidamente dos 25 mil mortos.

O pagamento de entrada na estrutura multilateral de distribuição de vacinas é o mais recente passo num conjunto de iniciativas tomadas pelos estados africanos para garantirem a imunização da sua população.

O Gana também já aderiu à Covax, com o objetivo de garantir vacinas para cerca de 20% dos seus 30 milhões de habitantes, de acordo com o diretor da unidade de vigilância da covid-19, que se escusou a revelar qual o montante pago por Acra.

O país também está a negociar a compra de vacinas com outros fornecedores, mas não foram divulgados quaisquer contornos do negócio que promete ser um dos principais fatores de recuperação das economias, seja em África, seja no resto do mundo.

A Covax é uma iniciativa mundial com o patrocínio da Aliança de Vacinas GAVI para garantir o acesso equitativo a vacinas seguras e eficazes em todos os países através de uma articulação com os produtores de vacinas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.