Esta decisão foi divulgada numa conferência de imprensa, ontem (22/12), durante a qual foi anunciado um alargamento a mais regiões do leste e sudeste de Inglaterra, do Nível 4 de restrições nacionais a partir de (26/12), nomeadamente Sussex, Oxfordshire, Suffolk, Norfolk, Cambridgeshire, bem como partes de Essex, Surrey e Hampshire.

“Esta nova variante causa grande preocupação, porque é mais contagiosa e parece ter sofrido mais mutações do que a nova variante identificada no Reino Unido”, disse o ministro da Saúde, Matt Hancock, pedindo que todos os que estiveram na África do Sul ou em “contacto próximo” com alguém que esteve naquele país nas últimas duas semanas deve “entrar imediatamente em quarentena”.

Uma nova estirpe do SARS-Cov-2, considerada até 70% mais contagiosa, ditou a introdução do Nível 4 de restrições, equivalente a um confinamento, na região de Londres e sudeste de Inglaterra desde o passado (19/12).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.