Airtel vai investir $57 milhões para Internet escolar em 11 países de África, PALOP ficam fora.

A Airtel Africa concordou em investir 57 milhões de dólares nesta iniciativa, que visa dar aos alunos melhores condições de aprendizagem.

A Airtel Africa, braço africano do grupo indiano de telecomunicações Bharti Airtel, e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) anunciaram nesta segunda-feira, 1º de novembro 2021, a assinatura de um acordo de parceria de cinco anos.

Diz respeito à ligação à Internet das escolas, bem como ao seu acesso gratuito a plataformas de aprendizagem em treze mercados da operadora de telecomunicações, nomeadamente Chade, Congo, RD Congo, Gabão, Quénia, Madagáscar, Maláui, Níger, Nigéria, Ruanda, Tanzânia, Uganda e Zâmbia.

“Centenas de milhões de crianças na África viram a sua educação interrompida ou suspensa devido à pandemia. Ao defender a educação digital para crianças africanas, esta parceria com a Airtel Africa ajudará a colocar a aprendizagem das crianças de volta nos eixos”, disse Henrietta Fore, Diretora Executiva da UNICEF.

Olusegun Ogunsanya, presidente e CEO da Airtel Africa, disse que “como empresa, concentramo-nos na educação como uma área-chave da nossa responsabilidade social corporativa”.

A parceria firmada entre Airtel Africa e Unicef ​​é um marco para a operadora de telecomunicações na sua nova estratégia de desenvolvimento sustentável, divulgada no dia 28 de outubro 2021, composta por quatro pilares. O terceiro pilar, denominado “A nossa comunidade”, privilegia a melhoria do acesso à educação.

Já para a agência da ONU, esse acordo faz parte do projeto “Reimaginar a Educação”

No ano passado, em meio à crise da Covid-19, o UNICEF lançou uma nova iniciativa global para garantir que milhões de crianças tenham acesso à educação de qualidade por meio da Internet. O projeto acaba de registar uma de suas primeiras contribuições financeiras direcionadas à África.

É uma iniciativa global lançada em 2020 pela Unicef ​​e apela ao investimento dos setores público e privado na aprendizagem digital como um serviço essencial para todas as crianças e jovens em todo o mundo. O objetivo é dar às crianças “uma chance de acompanhar suas necessidades de aprendizagem em meio à pandemia global em curso”.

A UNICEF ​​enfatiza que, ao fornecer acesso igual à aprendizagem digital de qualidade, especialmente para as crianças mais vulneráveis, a parceria ajudará a “garantir que cada criança atinja o seu pleno potencial”.

close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.