O Instituto Nacional de Estatística (INE) angolano divulgou no dia 15//11/ que os preços em Angola aumentaram 1,81% entre setembro e outubro 2020, o que coloca a inflação no valor mais alto desde dezembro de 2017.

A classe Alimentação e Bebidas não Alcoólicas foi também a que, segundo o INE angolano, “mais contribuiu para o aumento do nível geral dos preços”.

As outras classes que mais aumentaram foram Bebidas Alcoólicas e Tabaco, Hotéis, Cafés e Restaurantes e Vestuário e Calçado.

De acordo com o INE, as províncias angolanas que registaram maior aumento foram as de Lunda Norte (2,13%), Luanda (1,99%), Moxico (1,83%) e Bié (1,76%).

Por outro lado, as províncias com menor variação foram Cunene (1,27%), Lunda Sul (1,38%), Namibe (1,4%) e Benguela (1,48%).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.