Apple vale 3 triliões de dólares. Mais que o PIB de África.

A Apple, a marca com a maçã mordida, fundada em 1976 por Steve Jobs numa garagem de acordo com a própria lenda do “sonho americano”, foi avaliada em Wall Street, nesta segunda-feira, 3 de Janeiro de 2022, em mais de 3 triliões de dólares.

3 triliões de dólares é mais do que o PIB dos 54 estados africanos, que totalizam 2,5 triliões.

A Apple sozinha pesa mais do que a economia do Reino Unido ou até mais do que o CAC 40 francês.

No comando da Apple, desde 2011, Tim Cook continua a construir uma marca baseada na inovação e na autoestima.

A Apple levou 38 anos para ultrapassar o valor de mercado de 1 trilião de dólares a 12 de agosto de 2018, mas apenas três anos para triplicar esse valor de mercado.

Se a pandemia baixou muitos títulos (valores dos setores de transporte e turismo em particular) no mercado de ações, parece ter dado asas à Apple, um aumento de 200% desde Março de 2020.

Atrás da Apple estão a Microsoft com uma capitalização de 2,5 triliões de dólares, a Alphabet (Google), a Amazon e a Tesla com menos de 2.000 milhões de dólares cada.

Para a tecnologia, a pandemia foi um “maná” e a perspetiva do teletrabalho, ainda mais.

 

A Apple

Recorde-se que a Apple é uma das maiores empresas de equipamentos eletrónicos e softwares do mundo, foi fundada em 1976, tendo como seus fundadores os estudantes Steve Jobs e Steve Wozniak. Tudo começou com o Apple I, criado por Wozniak nas horas vagas. Os amigos decidiram tentar vender o projeto para as empresas HP e Atari, porém ambas negaram, dizendo que computadores pessoais não teriam futuro no mercado.

Vista a descrença de grandes empresas no seu trabalho, a dupla decidiu produzir os computadores com os seus próprios recursos e vender por conta própria. O Apple I não fez tanto sucesso, foram vendidas cerca de 200 unidades, a 666 dólares cada. Atualmente o Apple I é peça de coleção, e vale cerca de 50 Mil dólares.

Os lucros destas vendas sustentaram a Apple por mais um ano, e permitiram o desenvolvimento de máquinas mais potentes. O resto faz parte da história que todos conhecemos.

 

O que pensas sobre isto? O percurso da Apple é exemplo para as outras empresas, ou é apenas mais uma como tantas outras? Dá-nos a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.