Apresentado primeiro autocarro elétrico feito no Quénia.

O Quénia é um campo de testes ideal para soluções de mobilidade elétrica que podem ser implantadas em todo o continente.

A Opibus desenvolve modelos de autocarros ecológicos para transporte público simples, eficiente e sustentável.

A Opibus, uma empresa sueca e queniana especializada em mobilidade “verde”, apresentou seu autocarro elétrico projetado localmente.

Este é um protótipo do qual se está a considerar lançar a produção em larga escala.

O desenho deste modelo visa alcançar uma mudança gradual para uma mobilidade mais “verde”, nomeadamente ao nível do transporte público, e reduzir gradualmente a importação de autocarros em segunda mão.

“Este é o primeiro grande passo na visão da empresa de entregar um autocarro elétrico projetado e desenvolvido localmente que pode ser produzido em massa para o mercado pan-africano até o final de 2023. Este autocarro custará significativamente mais barato do que importar autocarros elétricos (…) Este modelo permite uma redução de 80% nos custos de manutenção em comparação com um autocarro a diesel”

Disse a Opibus em comunicado datado desta quarta-feira 19 de Janeiro de 2022.

Fundada em 2017, a empresa começou a converter motocicletas e veículos clássicos em unidades móveis elétricas. Tendo anunciado a 2 de novembro de 2021 que tinha conseguido 7,5 milhões de dólares no mercado financeiro e revelou a sua intenção de estender as suas atividades a vários países do continente.

No entanto, ainda há muito a fazer para que o conceito de e-mobilidade, segundo alguns especialistas, possa expandir-se e viabilizar-se no continente africano como na Europa ou na América.

É preciso criar infraestrutura de carregamento e a não eletrificação de várias localidades em muitos países ou ligações fracas à rede elétrica são alguns dos fatores que não facilitam a adoção deste tipo de veículos no continente.

Mas apesar destas dificuldades, há já vários países africanos que estão a progredir nos transportes elétricos, sobretudo e maioritariamente, públicos.

 

O que achas disto? Este tipo de transporte em África Tem futuro? Queremos a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.