BAD/Alemanha: 100 milhões de euros em apoio à transição energética.

Mobilizar financiamento para projetos de energia renovável em África é um dos maiores desafios da transição energética.

Para responder a esse desafio, organizações como o Fundo para Energia Sustentável em África, apóiam capital privado com o apoio de parceiros.

O governo alemão contribuirá com 100 milhões de euros para o Fundo de Energia Sustentável para a África (SEFA na sigla em Inglês) do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) para alavancar o investimento do setor privado em projetos de energia verde.

A Alemanha afirma, portanto, seu compromisso com os esforços para aproveitar o potencial de energia renovável da África e apoiar a sua transição para fontes de energia limpa.

O financiamento apoiará a assistência técnica e investimentos na geração, transmissão e distribuição de eletricidade para aumentar a penetração de energia renovável nas redes africanas.

“Devemos acelerar a transição energética global. Isso requer o rápido abandono de todos os combustíveis fósseis e uma expansão massiva das energias renováveis. Agora é a hora de agir “, disse Norbert Barthle, Secretário de Estado Parlamentar do Ministério Alemão para Cooperação e Desenvolvimento Económico.

O financiamento está alinhado com o Pacto do G20 com a África lançado durante o mandato da Alemanha na Presidência do G20.

O Compacto promove reformas macroeconómicas, de negócios e de financiamento para atrair mais investimento privado para África.

Daniel Schroth, Diretor Interino do Banco para Energia Renovável e Eficiência Energética, disse: “A nova contribuição da Alemanha é um grande impulso para a meta de capitalização da SEFA de 500 milhões de dólares. É também o reconhecimento do papel catalítico que a SEFA tem desempenhado na aceleração da transição energética da África e no apoio a soluções de acesso à energia limpa.”

Recorde-se que SEFA é um fundo especial de vários doadores que visa desbloquear investimentos do setor privado que contribuem para o acesso universal a serviços de energia acessíveis, confiáveis, sustentáveis ​​e modernos para todos na África, em linha com a estratégia do Banco sobre Energia para a África e Sustentabilidade Objetivo de Desenvolvimento 7.

A SEFA já recebeu contribuições do Governo da Dinamarca, Alemanha, Itália, Noruega, Fundo de Desenvolvimento Nórdico, Suécia, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.