BAD/Marrocos, 114 milhões de euros para desenvolvimento rural.

Foi aprovado um empréstimo de mais de 114 milhões de euros a favor de Marrocos, esta quarta-feira, 27 outubro 2021, em Abidjan, pelo Conselho de Administração do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), para financiar o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Inclusivo e Sustentável das Áreas Agrícolas e Rurais, desse Reino Norte-africano.

Este novo projeto de adaptação climática, que é o primeiro financiamento baseado em resultados no setor agrícola no Norte da África, ajudará a fortalecer a resiliência da agricultura marroquina aos efeitos das mudanças climáticas, a fim de melhorar as condições de vida das populações rurais.

O programa implementará uma abordagem de desenvolvimento mais sustentável e inclusiva e promoverá a emergência de uma classe média, em particular por meio da criação de empregos nas áreas rurais e do apoio a jovens e mulheres empresárias agrícolas.

A fim de fortalecer a resiliência climática da agricultura marroquina, em particular para os pequenos produtores, o programa apoiará o uso mais eficiente dos recursos hídricos com melhor uso da água de irrigação e introduzirá novas técnicas de conversão do solo. Também possibilitará a capacitação de atores, em particular associações de usuários de água agrícola e cooperativas agrícolas.

“Uma agricultura mais sustentável, mais resiliente e mais inclusiva é a nossa prioridade com esta operação, que apoia a nova visão estratégica do setor agrícola” Geração Verde 2020-2030, disse Mohamed El Azizi, Diretor Executivo do Banco Africano de Desenvolvimento para o Norte África.

“O nosso apoio consolida conquistas anteriores que, ao longo de mais de uma década, permitiram passar de uma lógica de produção a uma lógica de transformação com maior valor agregado, em benefício das populações rurais”, acrescentou ele

Por seu lado o gestor nacional do BAD para o Marrocos, Achraf Hassan Tarsim, sublinhou que “A melhoria da eficiência e da resiliência climática das zonas irrigadas, a promoção das mulheres, o apoio a jovens empresários e a formação de produtores irão, entre outras coisas, abrir um leque de possibilidades neste setor, em particular para as pequenas e médias empresas. fazendas. Assim, ajudaremos a criar novos empregos para melhorar de forma sustentável as condições de vida das populações rurais.”

Veja Também: Marrocos investe na economia “verde”

close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.