BAD: Participe no Fórum de Negócios África Singapura

O Africa Singapore Business Forum (ASBF na sua sigla em Inglês) Fórum de Negócios África Singapura, é a principal plataforma para promover o intercâmbio de negócios e liderança de pensamento entre a África e a Ásia, segundo o comunicado a que teve acesso Mercados Africanos.

Durante o evento presidente do BAD Adesina participará de uma conversa com o Primeiro-ministro de Singapura, Tharman Shanmugaratnam, sobre o tema Inovação e sustentabilidade em África.

O Fórum é organizado pela Enterprise Singapore e vai reunir mais de 2.000 líderes empresariais e governamentais de 30 países para explorar parcerias e oportunidades de crescimento entre essas duas regiões dinâmicas.

Mesmo com a pandemia COVID-19, ainda existem muitas perspetivas de investimento e colaboração entre as duas regiões.

A edição deste ano do ASBF será realizada virtualmente e abordará questões críticas e identificará oportunidades em setores e áreas-chave, incluindo tecnologia digital, financiamento, inovação, manufatura, sustentabilidade e soluções urbanas.

Além de painéis de discussão perspicazes, os participantes também podem ter acesso e trabalhar em rede com potencias parceiros de negócios por meio de sessões virtuais de correspondência de negócios.

Este forem tem uma rede com mais de 500 líderes de negócios das principais empresas

Segundo o comunicado do BAD, o programa do evento (sujeito a alterações) ocorrerá de 23 a 24 de agosto, enquanto as sessões de correspondência de negócios ocorrerão simultaneamente de 23 de agosto a 24 de setembro.

A Enterprise Singapore é a agência governamental que defende o desenvolvimento empresarial e promove os contactos com empresas comprometidas para construir capacidades, inovar e internacionalizar.

A inscrição é grátis e pode-se inscrever aqui.

Veja Também: Fórum Empresarial África/Singapura: a revolução digital africana

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.