BAD quer os EAU como um dos seus membros.

Durante uma visita recentemente terminada nos Emirados Árabes Unidos (UAE) o Presidente do Grupo Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), Akinwumi Adesina, convidou este estado do golfo a integrar o BAD, segundo comunicado do Banco lido por Mercados Africanos.

“Esperamos que, a dada altura, possamos acolher os EAU como membro do Banco Africano de Desenvolvimento”, disse Adesina ao formular o convite.

“Há muito que África pode retirar do notável sucesso dos Emirados Árabes Unidos, no que os EAU têm feito, utilizando os seus recursos, o seu impulso e determinação para desenvolver o país no que é hoje, é altamente impressionante”, sublinhou ele.

“Estamos desejosos de ver os EAU tornarem-se um parceiro de investimento ainda mais valioso e significativo em África”.

“Os EAU têm sido um participante altamente valorizado no Fundo Africano de Desenvolvimento, o braço de empréstimo concessionário do nosso Grupo Bancário que apoia países de baixo rendimento desde 1978”, realçou o presidente do BAD.

Por seu lado e durante o encontro com Adesina, a Sua Alteza, Xeque Maktoum Bin Mohammed Al Maktoum, Vice-Primeiro Ministro e Ministro das Finanças dos Emirados Árabes Unidos, avançou com oportunidades estratégicas que reforçariam os laços económicos entre os EAU, o BAD.

Segundo o comunicado do BAD, o Ministro de Estado responsável pelos Assuntos Africanos, Xeque Shakhbout, exprimiu o desejo dos EAU de ajudar os países africanos a diversificar as suas economias.

O objectivo é fornecer apoio de valor acrescentado às pequenas e médias empresas, explorar potenciais oportunidades de investimento em habitação social, e ligar as jovens empresas de fintech (tecnologia financeira) africanas a inovações que lhes permitam crescer e prosperar no continente.

Ainda durante a visita foi assinado com o Diretor-Geral do Fundo de Abu Dhabi para o Desenvolvimento, Mohammed Saif Al Suwaidi, um memorando de entendimento para uma colaboração mais estreita, em nome das duas respetivas instituições.

“Consideramos que o Banco Africano de Desenvolvimento é o “think tank” (centro de ideias) do continente e acreditamos que África é a próxima fronteira de crescimento do mundo e não queremos perder isso”, reforçou Suwaidi.

O Grupo Banco Africano de Desenvolvimento é a única instituição financeira africana com classificação Triplo A das principais agências de notação.

 

O que achas deste convite? Será uma boa ideia esta entrada dos EAU, pela porta da frente? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

Imagem: © 2022 Francisco Lopes-Santos
close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.