O Banco Alemão de Desenvolvimento (KfW) disponibilizou 17,5 milhões de euros, a título de crédito e donativo, para apoiar as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPMEs) no âmbito das medidas para fazer face a crise provocada pela pandemia da Covid-19.

Um acordo nesse sentido foi assinado pelo Banco de Moçambique (BM) e a Cooperação Financeira Alemã, possibilitando três modalidades diferentes de apoio a estas instituições.

A primeira é um donativo para apoio de emergência no valor de seis milhões de euros, a segunda, uma linha de crédito para as MPME e finanças agrícolas no valor de nove milhões de euros e, a última, uma linha de assistência técnica para instituições financeiras e MPMEs no valor de 2,5 milhões de euros.

Segundo um comunicado do Banco de Moçambique, divulgado à imprensa, o financiamento para a emergência da Covid-19, no valor de seis milhões de euros, em moeda local, não reembolsável para as MPME afetadas pela pandemia, e tem por objectivo mitigar o seu impacto e ajudar a sobrevivência das MPMEs.

“Os recursos serão canalizados através do BM e instituições financeiras nacionais, e visam apoiar as MPME especificamente a cobrir necessidades decorrentes do fluxo de caixa, incluindo, o pagamento de salários e outros custos fixos durante a pandemia”, refere o comunicado.

A linha de crédito para as MPMEs e finanças agrícolas, no valor global de 9 milhões de euros, fornecerá financiamento de longo prazo em moeda local com termos e condições economicamente sustentáveis.

“Os fundos ajudarão as MPME a financiarem os investimentos necessários após a pandemia para permitir a reconstrução ou o crescimento da atividade empresarial”, lê-se no documento.

Já o contrato de assistência técnica irá beneficiar as instituições financeiras participantes na linha de crédito para as MPMEs e finanças agrícolas, bem como potenciais beneficiários das linhas de crédito do BM financiados através do KfW para conferir maior rigor, transparência e fiabilidade da informação no processo de avaliação e monitoria.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.