Com esta emissão de mil milhões de euros o Benim não só entra pela grande porta, em 2021, do mercado internacional de dívida financeira, mas vai poder, entre outros, financiar o orçamento de 2021 e certos projetos emblemáticos do Programa de Ação do Governo.

De 6 a 11 de janeiro de 2021, a delegação chefiada pelo Ministro da Economia e Finanças da República do Benim, Romuald Wadagni, manteve conversações bilaterais com vários grandes investidores institucionais internacionais.

Este périplo (roadshow) foi a oportunidade para o Ministro relembrar aos investidores os resultados concretos do Programa de Ação do Governo no contexto da crise da Covid-19.

O Benim foi o primeiro emissor africano a solicitar o mercado internacional este ano, demonstrando rapidez de execução.

Mais de 125 investidores participaram e muitos dos quais não o tinham feito aquando da emissão inaugural do Benim em março de 2019.

Isto indica que a República do Benim conseguiu diversificar as fontes de financiamento e estender o vencimento médio de sua dívida no mercado de capitais, reduzindo o custo médio incorrido.

O sucesso desta emissão reflete o interesse demonstrado por investidores internacionais no crédito de Benim.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.