Brent baixa para 112,30 dólares/barril.

A cotação do barril de Brent, que serve de referência às exportações angolanas, nigerianas, gabonesas, da Guiné Equatorial e do Gana, para entrega no próximo mês em maio terminou, esta segunda-feira, 28 de março 2022, no mercado de futuros de Londres em baixa de 6,24% e desceu para os 112,30 dólares.

Esta baixa teve que ver com a decisão das autoridades chinesas de confinar Xangai, a maior cidade do país, com cerca de 25 milhões de habitantes, desde esta segunda-feira, 28 março 2022, para conter um surto do novo coronavírus ligado à variante Ómicron.

A parte oriental da cidade será confinada por cinco dias para permitir a despistagem da sua população, seguindo-se a parte ocidental a partir de 1 de Abril e pelo mesmo período.

A cidade tornou-se nos últimos dias o epicentro de uma nova vaga de infeções na China, que começou a acelerar no início de Março.

Os analistas pensam que a pandemia reduza a procura de petróleo a partir da China aliviou o receio quanto a eventuais problemas de abastecimento, devido às sanções aplicadas á Federação Russa, por ter invadido a Ucrânia.

Para a baixa da cotação também contribuiu o anúncio feito pela União Europeia, no final da semana passada, de que não está a planear um embargo sobre os hidrocarbonetos russos.

Este “sobe e desce” dos preços é diretamente influenciado pela situação da guerra da Ucrânia e das sanções impostas ao petróleo e gás russos, o mercado sofre os efeitos na oferta do brent.

Os preços do brent dispararam no começo do mês, em meio aos temores relacionados à invasão da Ucrânia e ao impacto de sanções do Ocidente sobre o mercado global.

Nas últimas duas semanas, porém, os preços do Brent recuaram das máximas dos 139 dólares por barril.

Tal como noticiado por Mercados Africanos noticiou, o progresso limitado nas conversações de cessar-fogo entre a Rússia e a Ucrânia, está a condicionar a negociação do petróleo nos mercados financeiros, com os investidores a tentarem antecipar diariamente os acontecimentos e a partir de aí negociar os preços do brent.

 

O que achas desta situação? Este sobe e desce no preço do brent, vai normalizar ou continuar assim? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

Imagem: © GrAl / Shutterstock.com
close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.