As entregas de abril do barril de Brent, referências das exportações angolanas e nigerianas, está a ser negociado ao preço médio de 63 dólares.

Conforme declarações do vice-primeiro-ministro russo, Alexander Novak, o mercado global de petróleo está a caminho de recuperação e que o preço do barril este ano pode atingir uma média de 45 a 60 dólares.

A Rússia é o maior produtor do grupo OPEP+ e com um posicionamento geoestratégico de peso no mercado petrolífero.

Esta confiança revelada pelo mercado está em linha com as previsões de analistas, que avançaram a possibilidade de o barril atingir o preço de 70 dólares ou um pouco mais acima até ao final do ano.

Para os países africanos exportadores esta é, de certeza, uma “boa notícia”, considerando que todos esses países tinham aprovado os respetivos Orçamentos Gerais do Estado (OGE), com um preço referência do petróleo a 35 dólares por barril.

A manter-se este novo cenário os países exportadores poderão vir a ter um pouco mais de manobra para executar as ações previstas nos respetivos OGE e melhor negociar os acordos de alívio da dívida alcançados junto dos principais credores, ou o acesso aos mercados de capitais segundo as escolhas de uns e outros desses países.

O preço do petróleo tipo Brent subiu nesta segunda-feira (15/02) e a cotação superou 60 dólares por barril pela primeira vez em mais de um ano, estimulado pelo otimismo dos investidores sobre a procura, à medida que a vacinação avança e que a economia mundial inicia o longo caminho da recuperação da pandemia do novo coronavírus.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.