Bruce Rosique investe 6 milhões em STP.

Bruce Rosique, cidadão francês residente em São Tomé e Príncipe há quatro anos, está a investir cerca de seis milhões de euros em agricultura e na construção de unidades hoteleiras, na Colónia Açoriana, situada a pouco mais de 20 quilómetros ao sul da ilha de São Tomé.

 

A construção

Primeira fase

O local de construção (Foto: Manuel Barros)
O local de construção (Foto: Manuel Barros)

A primeira fase, divide-se em dois projectos. No primeiro, avaliado em 2.350 milhões de euros, serão construídas 20 bangalós, sendo 11 de um quarto e 9 de dois quartos, cada um com a sua respetiva piscina, incluindo um restaurante, piscinas náuticas e outras infraestruturas necessárias para acomodação de turistas.

As obras serão executadas entre 16 e 18 meses, numa área de 2,5 hectares de terra, adquirida por via de “trespasse” (terras cedidas pelo Estado aos trabalhadores agrícolas que depois as negoceiam com terceiros).

O segundo projeto ocupa uma área de 16 hectares de terra, cedidas pelo Estado, onde será desenvolvido investimentos em agroturismo.

Dos 16 hectares, cinco destinam-se a construir outros 28 bangalós, nos restantes 11 hectares Bruce Rosique vai desenvolver a plantação de pimenta e baunilha, frutas tropicais e criação de animais e frangos de carne. A pimenta e baunilha são para exportação, enquanto a parte agropecuária, o “objetivo é reduzir a importação e consumir produtos de melhor qualidade”.

 

Segunda fase

A segunda fase, em progresso (Foto: Bruce Rosique)
A segunda fase, em progresso (Foto: Bruce Rosique)

A execução da segunda fase, tem um custo total de 3,5 milhões de euros e a execução iniciará logo depois que estejam concluídas todas as formalidades burocráticas ligadas a legalização do terreno cedido pelo Estado. Mas no terreno já estão em curso trabalhos preliminares como o desbravamento de terras, obras de instalação de energia elétrica e de abastecimento de água.

Os primeiros 28 bangalós, 16 são de uma assoalhada e outros 12 terão duas assoalhadas. Nos dois projetos serão construídos um total de 48 bangalós em três anos.

Bruce Rosique espera receber semanalmente 40 turistas e vai dar emprego direto e indireto a pelo menos 50 cidadãos e propõe abastecer o hotel como “o máximo possível de produtos locai desde frutas, frangos, carne e hortaliças”.

Na execução dos dois projetos estão a trabalhar mais de 60 operários.

 

O que achas desta construção? Este projecto de Bruce Rosique trará mais turismo a STP? O que achas? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

 

Ver Também:

Manuel Barros, novo diretor da RN de São Tomé

Imagem: © 2021 Manuel Barros

close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.