Buhari visita Portugal para fortalecer comércio com a Nigéria.

O Presidente nigeriano, Muhammadu Buhari criou um Grupo de Trabalho dedicado a Portugal, liderado pelo ministro da Indústria, Comércio e Investimento para abordar áreas especiais de preocupações dos investidores.

Espera-se que o grupo trabalhe com investidores portugueses, responda às preocupações sobre as políticas existentes e ajude a aumentar o volume de comércio com Portugal, bem como a diversificar o país para produtos não petrolíferos.

 

A visita de Buhari a Portugal

Buhari observou que os dois países precisavam urgentemente de novas oportunidades de investimento após a devastação nas economias globais causada pela pandemia do COVID-19 e, nos últimos tempos, o impacto do conflito Rússia-Ucrânia.

“A relação entre a Nigéria dos tempos modernos e Portugal, começou há mais de 40 anos com fortes colaborações nas frentes diplomática e de defesa”.

“Fiquei muito entusiasmado ao saber do crescente nível de entusiasmo que as empresas portuguesas têm demonstrado em relação à Nigéria”.

“Nos últimos 25 anos, o comércio entre a Nigéria e Portugal mais que dobrou para cima de US$ 1 bilhões até 2020, pouco antes da pandemia do COVID-19”.

“Isso ocorreu principalmente no setor de petróleo e do gás. Embora este seja um grande progresso, acredito firmemente que podemos e devemos fazer muito mais”.

Buhari assegurou ainda ao governo português o apoio da Nigéria às empresas portuguesas que pretendam investir no país.

“Os portugueses foram os primeiros viajantes europeus registados a visitar as costas da Nigéria no final do século XV”.

“E assim como a cultura africana é influente no Portugal actual, a cultura portuguesa também é sentida na Nigéria de hoje”.

Buhari, anunciou que, recentemente, o governo da Nigéria adjudicou um contrato à Mota-Engil, uma empresa portuguesa, para a construção de uma linha férrea que liga Kano, no norte da Nigéria, a Maradi, no sul da República do Níger.

Acredita também que esta parceria abrirá portas para mais empresas portuguesas irem para a Nigéria, já que é a maior e mais populosa economia de África.

“Há apenas dois meses, Portugal abriu a sua primeira Câmara de Comércio no Norte de África. Isso complementará a Câmara de Comércio da África do Sul”.

”Estou confiante, após estas interações, sobre o tremendo potencial da Nigéria, em breve ouviremos um anúncio sobre a abertura da Câmara de Comércio Nigéria-Portugal”.

Relembrando que em 2021, o Banco Africano de Exportação-Importação e a Associação Nacional de Jovens Empresários de Portugal anunciaram uma parceria de 3 anos para promover o vestuário de moda e a indústria têxtil de África, o líder nigeriano disse:

“Acredito firmemente que isso beneficiará a vibrante indústria da moda nigeriana”.

O presidente Buhari também aproveitou a ocasião para informar potenciais investidores sobre os muitos incentivos fiscais, comerciais e monetários que apoiam os investimentos estrangeiros.

“Os funcionários do governo nigeriano estão de prontidão para fornecer todas as informações necessárias de que precisam”.

”Já ordenei a criação de um Grupo de Trabalho dedicado a Portugal, chefiado pelo Ministério da Indústria, Comércio e Investimento”.

“O grupo tem o intuito de abordar quaisquer preocupações especiais que possam ter para além das políticas existentes em vigor”.

Disse ele e acrescentou, ”quero garantir que levaremos esses pedidos a sério e a nossa resposta será rápida”.

Na sua resposta, o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, disse a Buhari que Portugal pode ajudar a Nigéria a diversificar a economia.

“Por sermos um país muito pequeno, temos uma experiência enorme”.

“Temos experiência em abastecimento de água, tecnologia, infraestrutura, farmacêutica, turismo, agricultura, ciência, saúde, comércio e mar”.

“Queremos cooperar convosco. Temos empresas experientes e mãos experientes. Temos um conhecimento único de África”, disse ele.

Sobre a visita, o presidente português afirmou:

“A sua visita é um novo começo, um novo começo de todos os setores. Não queremos 30 ou 100 empresas, queremos milhares de empresas na Nigéria”.

“Queremos milhares de portugueses na Nigéria e esse será o seu legado, o meu legado, o legado desta visita de Estado”.

“Irei à Nigéria mais tarde e juntos veremos com os nossos próprios olhos qual é o resultado desta visita”.

“Esta não é uma visita de palavras, mas uma visita de fatos e realizações. Nós vamos conseguir”.

 

10 benefícios da visita

  1. Não pode haver melhor ilustração do objetivo estratégico maior no futuro deste relacionamento do que os oito acordos e memorandos de acordo, (MOU) assinados durante esta visita.
  • Trata-se do MOU sobre consultas políticas, treinamento diplomático, pesquisa e intercâmbio de informações e documentação; cooperação no domínio da cultura; no campo do desenvolvimento de mulheres e meninas, empoderamento e assuntos de gênero; jovens e na área do desporto.
  1. A visita atingiu o desejo de uma parceria estratégica para fortalecer o trabalho em que a Nigéria tem sido elogiada por todos os níveis das autoridades portuguesas – Presidente, Primeiro-Ministro, Presidente da Assembleia Nacional e Presidente da Câmara de Lisboa.
  • O seu papel estabilizador na África Ocidental é importante para os anfitriões, a estabilidade e o apoio dos ex-territórios portugueses na sub-região, nomeadamente Cabo verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe. Isto está a ter impacto em Portugal.
  1. Invariavelmente, ligado a isso, está a convergência de interesses estratégicos e o estabelecimento de uma estrutura para fortalecer a segurança e a cooperação entre os dois estados.
  • Portugal que tem uma associação com os seus antigos territórios em África, o equivalente à nossa própria Comunidade Britânica composta por Angola e Moçambique, além dos outros estados mencionados.
  1. A Nigéria e Portugal identificaram igualmente um interesse e um objetivo comum no gasoduto transatlântico para o qual Portugal necessita de investimento e segurança. Isto visa encontrar um mercado na Europa para os enormes recursos de gás de que a Nigéria possui.
  • Depois de ouvir um briefing sobre o gasoduto, por Mele Kyari, o diretor-gerente do grupo da Nigerian National Petroleum Company Limited (NNPC), o presidente Marcelo foi rápido em mostrar interesse no mapeamento marítimo do gasoduto, em vez do percurso transariano que é igualmente uma opção.
  • Portugal, diz que o Presidente Marcelo escolheu para si, o papel de porta-voz e defensor dos interesses africanos na UE.
  1. A linha de caminho-de-ferro Kano-Maradi que está a ser construída por uma empresa portuguesa, a Mota-Engil, está a revelar-se um fator significativo nas relações emergentes entre os dois países.
  • Apesar da ênfase do Presidente Buhari, em várias oportunidades ter afirmado que o empreiteiro cumpriu todos os requisitos para bater os outros concorrentes, as autoridades portuguesas vêem-no não apenas como um marco nas relações comerciais, mas também como um pioneiro e um precursor da evolução na Nigéria.
  • De certa forma, a Mota-Engil, serve como porta de entrada para o vasto mercado africano, aberto pela Área de Livre Comércio Continental Africana, AfCFTA. O Presidente português, falou do desejo da entrada no mercado nigeriano de empresas portuguesas, “não aos 30 ou 100, mas aos milhares”.
  1. Portugal, que foi uma forte força no reconhecimento da Nigéria pela ONU, como um dos cinco centros de produção de vacinas em África, decidiu-se a entrar no setor de saúde nigeriano, pois é um país com uma economia farmacêutica muito forte.
  2. Com a escolha de José Peseiro, seleccionador português, para as Super Águias (selecção nacional nigeriana de futebol), a Nigéria criou mais uma ligação positiva a Portugal que repercutiu política e diplomaticamente. Mesmo antes da chegada de Peseiro à Nigéria, já mais de 200 jogadores profissionais de futebol de origem nigeriana, estão ou passaram por Portugal.
  3. Existe também um plano de boas-vindas para partilhar as conquistas de Portugal no domínio das energias renováveis. Com 60% da sua energia proveniente de fontes renováveis, o país está entre os líderes mundiais, esperando alcançar a neutralidade de carbono até 2030.
  4. Foi criado também um memorando de entendimento sobre consultas políticas, treinamento diplomático, pesquisa e intercâmbio de informações e documentação. Isso fará com que as duas nações trabalhem de mãos dadas em instituições multilaterais, incluindo a ONU. Portugal orgulha-se da sua experiência nas relações internacionais.
  5. Por último, o importante é o alinhamento muito forte de interesses estratégicos de ambos os países. É raro ver isso em qualquer lugar.
  • O compromisso de estar com a Nigéria está em todos os lugares: Todos os níveis de autoridade no país: Presidente, Primeiro-Ministro, Presidente da Assembleia Nacional e Presidente da Câmara de Lisboa mostrando um total compromisso de alinhamento com a Nigéria. O Presidente Marcelo no seu segundo mandato disse ter esperado seis anos “por este casamento”.

 

Conclusão

Para o presidente Buhari, esta visita foi uma afirmação da norma de que as aspirações globais devem ser acompanhadas por compromissos globais e uma demonstração da sua determinação em transformar compromissos em ações.

Esperamos que isso leve à aceleração do crescimento econômico tanto de Portugal como da Nigéria, garantindo a segurança do investimento português no país, atraindo mais investimentos estrangeiro e criando empregos, como esperado.

E é preciso não esquecer que saindo a Nigéria beneficiada e sendo a maior economia em África, todo o continente africano sai beneficiado, por isso Buhari, está de parabéns com esta iniciativa.

 

O que achas desta colaboração entre Portugal e a Nigéria? Consideras que o Presidente nigeriano, Muhammadu Buhari é um visionário? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

 

Ver Também:

Nigéria aposta forte no gás natural

Imagem: © 2022 DR

    No feed items found.

Autores

close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.