Cabo Verde aprova acordo de empréstimo do BADEA.

Durante uma conferência de imprensa, na cidade da Praia, o porta-voz do governo anunciou nesta quinta-feira, 7 outubro 2021, que foi aprovado o empréstimo do BADEA para financiar o projeto de ordenamento e valorização de bacias hidrográficas nas ilhas de Santiago, Santo Antão e Boa Vista

Recorde-se que tal como anunciado por Mercados Africanos, o Banco Árabe para o Desenvolvimento em África (BADEA) assinou a 30 de agosto 2021, na sua sede em Cartum – capital do Sudão – 4 acordos de financiamento no valor de 90 mil milhões de francos CFA para a África Ocidental.

Os quatro acordos de empréstimo foram assinados respetivamente com a República de Cabo Verde, a República da Guiné-Bissau, a República da Costa do Marfim e o Banco de Desenvolvimento da África Ocidental – BOAD.

Foi também assinado um acordo de assistência técnica com a Smart Africa.

No que se refere à República de Cabo Verde, este empréstimo cobre o desenvolvimento e valorização de três bacias hidrográficas nas ilhas de Santiago, Santo Antão e Boavista.

A contribuição do BADEA para o financiamento deste projeto ascende a 46% do custo total do projeto em cofinanciamento com o Fundo de Desenvolvimento da Arábia Saudita.

Este contrato de empréstimo com Cabo Verde foi assinado pelo BADEA por Sidi Ould Tah Diretor Geral e por Cabo Verde assinou Jorge José de Figueiredo Gonçalves, Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário em Itália.

Para o BADEA, este financiamento faz parte da implementação da sua estratégia para 2030 e do seu oitavo plano quinquenal.

Para Cabo Verde este projeto tem como objetivo contribuir para melhorar a segurança alimentar, fortalecimento da agricultura sustentável, aumentar a mobilização das águas de superfície e subterrâneas e a extensão das áreas agrícolas irrigadas assim como a realização de campanhas de sensibilização sobre adaptação das atividades agrícolas às mudanças climáticas.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.