A economia cabo-verdiana recuperou no terceiro trimestre da forte quebra provocada pelo confinamento no período de abril a junho, devido à covid-19, mas o Produto Interno Bruto (PIB) do país já caiu quase 15% até setembro.

Os dados constam do relatório das Contas Nacionais Trimestrais divulgado sexta-feira (15/01) pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), que aponta que o PIB do país caiu 18,2% no terceiro trimestre, uma aparente melhoria tendo em conta a quebra de 31,7% no segundo trimestre, também face ao mesmo período de 2019.

“A queda da atividade económica refletiu o impacto da pandemia COVID-19 que continua a se sentir no terceiro trimestre”, justifica o INE, acrescentando que o resultado é influenciado “em larga medida pela queda acentuada das exportações e do consumo final”.

Mas se a quebra foi de 18,2% no terceiro trimestre de 2020 – dados que “refletem os efeitos da reabertura progressiva da atividade económica” -, o INE também recorda que o PIB do país tinha crescido 6,9% no mesmo período de 2019, um dos valores mais altos em vários anos.

A queda da economia cabo-verdiana de julho a setembro é explicada com a diminuição de 9,7% no consumo privado, enquanto o consumo público apresentou uma taxa de variação homóloga positiva de 0,3%, também em volume.

Por outro lado, o investimento registou uma variação homóloga positiva de 9,4%, mas tinha diminuído 27,2% no trimestre anterior. Assim, no acumulado de nove meses (três trimestres) de 2020, o PIB de Cabo Verde – equivalente a toda a riqueza produzida no país – caiu 14,7% em termos homólogos, influenciado pela praticamente inexistente componente do turismo.

O turismo garante cerca de 25% do PIB de Cabo Verde, com um recorde de 819 mil turistas em 2019, mas o arquipélago encerrou a voos internacionais de 19 de março a 12 de outubro, para conter a pandemia de covid-19, com reflexos na economia nacional e a perspetiva de uma taxa de desemprego a duplicar para quase 20% em 2020.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.