Cabo Verde vai abrir Embaixada em Rabat.

Segundo informação avançada pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Integracao Regional de Cabo Verde, nesta passada segunda-feira, 13 de Junho de 2022, o país vai abrir uma Embaixada em Rabat, ainda este ano. Será posteriormente aberto em Dakhla, um posto consular, visando o reforço das relações entre Cabo Verde e Marrocos.

“Iremos brevemente abrir uma Embaixada em Rabat e no futuro um consulado em Dakhla que, como sabem todos, é de grande importância para resolver os diferendos existentes no Sara Ocidental”, sustentou o ministro.

Para agilizar essa abertura, nos próximos dias, uma equipa será enviada para discutir com as autoridades Marroquinas as condições logísticas que aquele país oferece para a instalação da Embaixada, e entregar os instrumentos de ratificação de vários acordos assinados com Marrocos.

Posteriormente, será discutido a nível dos dois países novos acordos como o de facilitação de vistos.

“Podendo ser discutido uma isenção de vistos em passaportes diplomáticos, passaportes de serviço e mesmo em passaportes ordinários”.

Ainda segundo o ministro, as autoridades marroquinas “mostraram-se muito interessadas e disponíveis para isso”.

O Ministro anunciou ainda que no próximo ano, os dois países deverão reunir-se em comissão mista e diversificar as áreas de cooperação, avançando também que Marrocos irá aumentar o número de estudantes cabo-verdianos no seu país para cerca de 70. Atualmente, há cerca de 30 a 40 estudantes a viverem neste país do Magrebe.

Ainda em Marrocos, na reunião que aconteceu a 8 de junho, Cabo Verde foi escolhido para ser o porta-voz do tema Economia Azul e Desenvolvimento, e neste sentido, acrescentou o Chefe da Diplomacia cabo-verdiana, o nosso País ofereceu-se para abrigar um Centro de Pesquisa junto da Universidade do Atlântico e do Centro Oceanográfico, cuja proposta será brevemente enviada ao Governo de Marrocos.

Já em França, o Ministro cabo-verdiano participou entre 9 e 10 de junho na Reunião Ministerial da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e no Fórum Económico Internacional sobre a África 2022, em Paris.

A primeira reunião decorreu sob o tema “O futuro que queremos: melhores políticas para a próxima geração e uma transição sustentável”, organizado por iniciativa da Itália e do Secretariado-Geral da OCDE – Conselho Ministerial da OCDE, com principal propósito de renovar a cooperação e aproximar a Organização e o continente africano

A Sessão de abertura contou com intervenções de alto nível. O Presidente da República do Senegal, Macky Sall, em representação dos Países africanos, fez uma intervenção de fundo, identificando desafios e constrangimentos, sobretudo na conjuntura atual em que os efeitos da pandemia são agravados pela crise decorrente da guerra na europa.

Recordar que a cimeira EU-UA, realizada em Fevereiro em Bruxelas, tinha também lançado excelentes bases para o início de uma “nova era” e nova abordagem do relacionamento entre os dois continentes.

“Para além das sessões plenárias, participamos ainda em outras temáticas onde estão em destaque, a colaboração entre a OCDE e África na busca de um futuro comum” avançou.

 

O que achas desta expansão consular de Cabo Verde? A abertura desta embaixada é importante para o país? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

 

Ver Também:

Cabo Verde: Água no Fogo pela mão do PM

Imagem: © 2022 Governo de Cabo Verde
close
pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.