CAN-Feminino 2022: Mulheres guineenses voltam a ganhar e passam à segunda fase.

O Campeonato Africano de Futebol Feminino de 2022, que vai decorrer de 2 a 23 de julho de 2022 em Marrocos, está na sua décima quarta edição, e reúne as melhores seleções africanas de futebol feminino filiadas na Confederação Africana de Futebol (CAF).

Para além do país organizador, onze nações têm de alcançar o apuramento.

A competição também serve como um torneio de qualificação para o Mundial Feminino da FIFA de 2023, com as quatro semifinalistas a avançarem para a competição global e duas outras equipas a competirem por lugares nos play-offs intercontinentais.

A Nigéria é a nação mais vitoriosa, com onze títulos no total em treze edições.

A fase final do torneio reúne agora as oito melhores seleções nacionais, divididas em dois grupos.

A Guiné-Bissau é a única equipa lusófona que ainda pode chegar à fase final do CAN Feminino 2022 de futebol.

Angola, São Tomé e Príncipe e Moçambique já foram eliminadas.

A Guiné-Bissau passou à segunda fase do apuramento para o CAN-Feminino 2022.

A seleção guineense venceu por 0-1 na deslocação à Mauritânia.

Recorde-se que na primeira mão tal como Mercados africanos tinha noticiado a Guiné-Bissau também tinha vencido por 1-0.

Na próxima e última ronda de apuramento para a fase final, a seleção guineense vai defrontar a do Burquina Faso. Os jogos vão decorrer em Fevereiro de 2022.

Angola, Moçambique e São Tomé e Príncipe eliminados

Angola perdeu por 2-0 na deslocação ao Botsuana num jogo a contar para a segunda mão. Recorde-se que, na primeira mão, em Luanda, as angolanas foram derrotadas por 1-5 pelo Botsuana.

No que diz respeito às moçambicanas perderam por 6-0 na deslocação à África do Sul. Recorde-se que na primeira mão, em casa, Moçambique foi goleado por 0-7 pelas sul-africanas.

De notar que as seleções que se apuram, seguem para o play-off de acesso à fase final do CAN-Feminino 2022 que vai decorrer em Marrocos.

Por fim, a seleção são-tomense perdeu por 0-5, em casa no Estádio Nacional 12 de Julho, frente ao Togo, num jogo a contar para a primeira mão.

Após esse jogo, São Tomé e Príncipe decidiu não jogar a segunda mão.

close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.