Embora não seja noticia dos canais desportivos mundiais está a decorrer na Mauritânia o 22° Campeonato Africano das Nações, CAN Sub-20, de futebol que contou com a presença de uma seleção dos PALOP, Moçambique, que se estreou na prova.

Estreantes na competição, os jovens moçambicanos, “Mambinhas”, integraram o Grupo A com a Mauritânia, país anfitrião, Camarões e Uganda.

Moçambique que já tinha perdido com a Mauritânia e o Uganda por duas bolas a zero em ambos os encontros voltou a perder, este sábado (20/02) com os Camarões, e desta vez por 4-1.

A equipa camaronesa  tinha um jovem que começa a ser uma das atrações deste Campeonato: Etienne Eto’o, filho da lenda do futebol camaronês e africano, o grande Samuel Eto’o.

O jovem Eto’o que ficou no banco nos dois primeiros jogos entrou no encontro contra Moçambique e demonstrou que “filho de peixe sabe nadar”.

Com efeito, demorou apenas 7 minutos de jogo para que o avançado do Real Oviedo abrisse o marcador para os Camarões, com um magnífico remate livre da esquerda, colocado no canto superior. O guarda redes moçambicano nem se mexeu. Pouco antes do intervalo, Etienne Eto’o converteu um penálti, dando aos Camarões uma vantagem de 2-0.

Os camarões só tinham  que seguir o caminho aberto por Etienne Eto’o e venceram por 4-1

“É um sonho poder marcar no meu primeiro jogo oficial pela seleção… disse para mim mesmo ‘remata com o coração’ e não pensei que pudesse marcar tão cedo, quase na primeira primeira  vez que toquei na bola. Fiquei muito comovido, pensei na minha família e no povo camaronês ”, disse Etienne Eto’o, no final do jogo de sábado.

Flickr ©

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.