Centenas de milhões, incluindo Mercados Africanos, sem Facebook.

Não sabíamos. Foram os nossos leitores que nos contactaram: Mercados Africanos está sem Facebook.

Centenas de milhões de pessoas estão sem poder aceder aos aplicativos do Facebook, cujo porta-voz garante que tudo está a ser feito para solucionar o problema.

O Facebook e seus aplicativos, Messenger, WhatsApp e Instagram, enfrentam um bug global desde as 15h45 UTC de segunda-feira, 4 de outubro de 2021.

Centenas de milhões de utilizadores, incluindo os de África encontram-se na ‘incapacidade de aceder às suas páginas.

Ironicamente, foi na sua conta no Twitter que Andy Stone, porta-voz do Facebook, tentou tranquilizar seus utilizadores.

“Estamos cientes de que algumas pessoas têm dificuldade em aceder nossos aplicativos e produtos. Estamos tentando corrigir a situação o mais rápido possível e pedimos desculpas pelo transtorno”, anunciou no seu post.

Pois, “algumas”!!!

Além de serem ferramentas de conexão social, o Facebook e os seus aplicativos Messenger, Instagram e WhatsApp, que têm 2,8 mil milhões de usuários (2020), são usados ​​por uma variedade de razões que vão desde simples relações humanas a atividades sociais e de negócios.

Negócios nos quais muitas pessoas dependem, incluindo em África.

Esta não é a primeira vez que tal situação surge.

A 19 de março de 2021, o Facebook já havia se desculpado perante os seus utilizadores.

O valor da bolsa do grupo de redes sociais caiu 5,5% às 19 horas GMT sem que fosse possível saber se um bug é a causa do problema.

O Facebook é uma das ações mais fortes nos mercados de ações dos EUA, avaliada em 961 mil milhões de dólares, partilhada por cerca de 3.958 investidores institucionais e individuais.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.