Cientistas africanos distinguidos com o Prémio Nobel (II).

Neste segundo artigo sobre os cientistas africanos que receberam o Prémio Nobel, apresentamos o trabalho do sul-africano Max Theiler, que foi Prémio Nobel de Medicina e Fisiologia no ano de 1951, pelo desenvolvimento da vacina contra a febre amarela, um marco histórico na área médica.

Biografia

Max Theiler, brilhante médico e microbiologista que nasceu em Pretória, na África do Sul a 30 de janeiro de 1899, descobriu a vacina contra a febre amarela no ano de 1930, embora a mesma só tenha sido reconhecida e aprovada na década de 1940.

Após frequentar escolas primárias e secundárias locais, estudou na Rhodes University College, Grahamstown e na University of Capetown Medical School (1916-1918), seguindo depois para a Inglaterra para estudar no St. Thomas’ Hospital e na London School of Tropical Medicine, graduando-se no curso de Medicina em 1922.

No mesmo ano licenciou-se pelo Royal College of Physicians e tornou-se membro do Royal College of Surgeons, do Reino Unido.

Emigrou para os Estados Unidos, para trabalhar no Department of Tropical Medicine da Harvard Medical School, Boston, Massachusetts, de início como assistente e, mais tarde, como professor.

Durante esse período provou que a febre amarela era provocada por um vírus e não por uma bactéria e foi mais tarde, Director of Laboratories da Rockefeller Foundation‘s Division of Medicine and Public Health, de Nova Iorque e ensinou na Yale Medical School.

Morreu em New Haven, Connecticut, EUA, no ano de 1972.

A grande contribuição deste cientista sul-africano à Humanidade foi enorme, já que o controle da febre amarela, devido a sua morbidade e mortalidade, foi um dos grandes desafios da medicina.

A Febre Amarela ficou conhecida, ao longo da história, por ceifar milhões de vidas. Atualmente, é considerada uma doença quase extinta no mundo graças à vacina desenvolvida por Max Theiler.

Veja Também:

Cientistas africanos distinguidos com o Nobel (I)

Tanzaniano Abdulrazak Gurnah ganha Nobel de Literatura

Os africanos que ganharam o Nobel da Paz (VI)

Os africanos que ganharam o Nobel da Paz (V)

Os africanos que ganharam o Nobel da Paz (IV)

Os africanos que ganharam o Nobel da Paz (III)

Os africanos que ganharam o Nobel da Paz (II)

Os africanos que ganharam o Nobel da Paz (I)

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.