Costa do Marfim: Governo espera crescimento de 6,5% em 2021.

A taxa de crescimento económico da Costa do Marfim é esperada em 6,5% em 2021 contra 2% em 2020, de acordo com declaração feita pelo porta-voz do governo Amadou Coulibaly, no final de uma reunião do conselho de ministros realizada nesta quarta-feira, 20 de outubro 2021, na capital económica, Abidjan.

Crescimento que, segundo ele, será impulsionado pelos setores agroalimentar, construção e obras públicas e derivados do petróleo.

Relativamente ao anteprojeto de orçamento para 2022 de 9.901,1 mil milhões de francos CFA adotado pelo governo, serão lançados 150 programas para este novo ano que promete ser verde, dado o número de projetos em ascensão.

O orçamento para 2022 aumentou 17,9% em relação ao de 2021.

“O défice do saldo orçamental seria de 4,7% em 2022 após 5,6% estimados em 2021, em linha com as reformas económicas e financeiras previstas, nomeadamente em torno da modernização do sector público e do desenvolvimento do sector privado”, sublinhou o porta-voz do governo.

Com a ambição de atingir um orçamento de 10.555,8 mil milhões de francos CFA em 2023 e 11.616,6 mil milhões de francos CFA em 2024, “o crescimento da economia nacional deve ser capaz de se consolidar, ou mesmo experimentar uma aceleração em 2022 com um crescimento de 7,1 % suportado, em particular, pelo desempenho da produção agrícola, indústria transformadora (6,8%), mineração (3,8%), energia (17,2%), transportes (8,2%), telecomunicações (6,9%) e comércio (8,4%)”.

Recorde-se que a Costa do Marfim, continua a ser o motor da zona económica da União Económica Monetária Oeste Africa (UMEOA), da qual, alias também faz parte a Guiné-Bissau

O país tem se fortalecido como potência económica na África Ocidental e até mesmo em todo o continente africano. Na classificação dos países mais ricos da zona econômica da UEMOA, a Costa do Marfim vem bem à frente graças ao aumento do produto interno bruto nos últimos anos antes da pandemia.

O país sozinho cobre 35% do PIB da Área Monetária da África Ocidental, composta por oito países, mas apesar de uma economia dinâmica, a Costa do Marfim ainda não entrou no top 10 das potências económicas africanas.

close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.