A Costa do Marfim angariou (11/12) um montante de 33 mil milhões de FCFA (49.500 milhões de euros) no mercado financeiro do União Monetária da África Ocidental (UMOA) no final da emissão por leilão de obrigações do tesouro.

Esses recursos destinam-se a cobrir as necessidades de financiamento do orçamento do Estado.

O reembolso será efetuado no primeiro dia útil seguinte ao do vencimento fixado em 13 de Junho de 2021. Os juros são pagos antecipadamente e deduzidos do valor nominal que é de um milhão de FCFA.

Para este mês de dezembro de 2020, as intenções de emissão de títulos públicos expressas pelas autoridades marfinenses ascendem a 88 mil milhões de FCFA contra 90 mil milhões de FCFA do mês de novembro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.