O presidente e diretor-executivo da Pfizer, Albert Bourla disse esta segunda-feira (09.11) que “Hoje é um grande dia para a ciência e a humanidade” ao anunciar que a vacina contra a Covid-19 apresentou uma eficácia superior a 90% nos participantes sem evidências anteriores de infeção.

Apesar da euforia generalizada, incluindo, nos mercados financeiros, este anúncio não significa que a vacina chegue já amanhã. .

A Pfizer também indicou que a taxa de proteção inicial pode mudar até o final do estudo. “Estamos numa posição potencialmente capaz de oferecer alguma esperança”, disse à Associated Press (AP) Bill Gruber, vice-presidente do desenvolvimento clínico da Pfizer.

É improvável que qualquer vacina chegue antes do final do ano e que, quando chegar, os fornecimentos iniciais serão racionados, embora Bourla tenha acrescentado que “estamos a um passo mais perto de fornecer às pessoas em todo o mundo um avanço muito necessário para ajudar a pôr fim a esta crise de saúde global”.

Lembramos que a vacina que está a ser desenvolvida pela Pfizer e pela sua parceira alemã BioNTech está entre 10 possíveis vacinas em fase final de testes em todo o mundo.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.