Dubai apoia zonas francas em Angola.

O interesse em apoiar Angola na criação de zonas francas no país, foi admitido pelo presidente e diretor executivo da multinacional de logística dos Emirados Árabes Unidos DP World e Ports, Sultão Ahmed Bin Sulayem, nesta terça-feira, 1 de Fevereiro de 2022, em Luanda, segundo noticia do Jornal de Angola.

O Sultão Ahmed Bin Sulayem é um dos principais empresários do Dubai no ramo de logística e zonas francas falou à imprensa dessa intenção, no fim da audiência que lhe foi concedida pelo Presidente da República, João Lourenço, na Cidade Alta.

“Falámos da questão dos sistemas de tecnologia que podemos oferecer, mais, especificamente, dos estudos que estão a ser feitos na possibilidade de se criar zonas francas a nível do país”, realçou.

A Zona Franca é uma área do país que se caracteriza por oferecer benefícios fiscais para as empresas ali instaladas, com o principal objetivo de incentivar o desenvolvimento económico de uma determinada região.

Questionado sobre o valor que tenciona investir no país para o surgimento de zonas francas, o empresário disse que tal dependerá muito de onde serão localizadas, bem como o tipo de zona franca que se quer construir.

“Relativamente a investimentos, a questão é que, quando se fala de zonas francas, isso dependerá muito de onde queremos construir. Só depois disso é que podemos traçar o orçamento”, esclareceu ele, citado pelo Jornal de Angola.

O empresário mostrou, igualmente, interesse em apoiar Angola a tornar-se mais competitivo no sector de cargas e logísticas.

“A ideia é facilitar os produtos que entram e saem de Angola, através das zonas fronteiriças”, frisou. Quanto à logística e tecnologia, disse que estão em formação muitos quadros angolanos.

Neste particular, referiu que foi reabilitada uma escola técnica no país, para a formação de técnicos nesta área de tecnologias.

“Estamos bastante alegres em informar que os nossos trabalhadores são pessoas que trabalham arduamente e se adaptam facilmente às novas tecnologias”, salientou.

Recorde-se que a concessionária dos Emirados Árabes Unidos DP World foi a vencedora do concurso público para gerir o Terminal Multiusos do Porto de Luan-da nos próximos 20 anos.

O Sultão Ahmed Bin Sulayem referiu que o encontro serviu, também, para reportar os avanços alcançados nos últimos 11 meses de serviço em Luanda.

 

O que achas das zonas francas? Podem beneficiar Angola? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.