Egipto exportou 31 mil milhões de dólares em 2021.

Apesar de covid-19, o Egipto registou um bom desempenho comercial em 2021.

Segundo as autoridades, as exportações saltaram 27% graças à venda de produtos químicos, materiais de construção e alimentos, entre outros.

As exportações egípcias atingiram o seu maior volume em 2021, cerca de 31 mil milhões de dólares.

A informação foi tornada pública num comunicado à imprensa da presidência egípcia esta segunda-feira, 3 de janeiro 2022.

De acordo com a nota informativa, esse volume exportado representa um aumento de 27%.

Foi impulsionado principalmente por produtos químicos, materiais de construção, indústrias alimentícias, engenharia e eletrónica, cultivo agrícola e pronto-a-vestir.

Este aumento foi também favorecido pela “distribuição qualitativa dos maiores grupos de produtos, na estrutura das importações”, que teve como efeito “incentivar a localização da indústria”.

Todas essas medidas recuperaram os setores “voltados para a exportação” a partir de abril de 2021, de acordo com o Banco Mundial.

Segundo a instituição, o crescimento atingiu 7,7% no exercício orçamental 2020/2021, enquanto a economia registou nova contração de 1,7% no quarto trimestre de 2019. / 2020.

O desemprego caiu para 7,3% no quarto trimestre de 2020/2021, após um pico de 9,6% no ano fiscal anterior.

Além do apoio económico dado às empresas para fazer frente aos efeitos das restrições impostas, as autoridades egípcias criaram um sistema para promover os produtos locais em substituição às importações.

Recorde-se que tal como Mercados Africanos noticiou recentemente o Egipto terminou 2021, com uma enorme receita proveniente da travessia do Canal do Suez

O Canal do Suez, além de ser um elo essencial para a navegação marítima global, é também uma importante fonte de recursos para o Egipto, que faz atualmente grandes investimentos em instalações para maximizar todos os benefícios.

O montante foi divulgado pelo presidente da Autoridade do Canal do Suez (SCA), Osama Rabie, em finais de dezembro 2021, ao informar que as receitas geradas por este corredor marítimo estratégico somaram 6 mil milhões de dólares, de janeiro à primeira quinzena de dezembro de 2021.

O que achas disto? As exportações do Egipto foram boas, ou podiam ter sido melhores? Dá-nos a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.