Eliminatórias Mundial 2022: A situação no final da 4ª jornada.

No final das quartas jornadas das eliminatórias no continente africano para o Mundial de futebol de 2022, que vai decorrer no Catar 2022 o Senegal e Marrocos conquistaram os dois primeiros “bilhetes” para os play-offs da competição na Zona África.

As 8 vagas restantes serão disputadas nos últimos dois dias de novembro. Aqui está a situação, grupo por grupo (apenas o primeiro de cada grupo se qualifica).

Grupo A: duelo Argélia-Burquina Faso

Ainda invictas, as duas seleções partilham a cabeça do grupo, embora a primeira posição ocupada pelos “Fennecs” graças ao seu saldo de golos amplamente favorável (+17 contra +8). A decisão final vai acontecer em novembro 2021. O Níger e Djibouti já foram eliminados.

Grupo B: vantagem da Tunísia

Com uma vantagem de 4 pontos na liderança e uma diferença de golos amplamente favorável, a Tunísia classifica-se nas próximas jornadas se não perder na Guiné Equatorial. A Zâmbia já não controla o seu próprio destino e a Mauritânia já está eliminada.

Grupo C: Cabo Verde ainda tem uma palavra a dizer

Derrotada pela República Centro-Africana em casa na terceira jornada (0-1), a Nigéria tem apenas 2 pontos de vantagem sobre Cabo Verde e 5 sobre os “Fauves”.

As “Super Águias” poderão ter de esperar até ao último dia e à receção dos cabo-verdianos para se qualificarem oficialmente.

Uma surpresa dos “Tubarões Azuis” poderá não ser improvável. A Libéria já não tem mais esperança.

Grupo D: Costa do Marfim-Camarões, só passa um dos dois “grandes”

O duelo anunciado entre essas duas grandes nações do futebol africano vai ser um encontro a não perder e de certeza que vai cumprir todas as suas promessas com os “Elefantes” apenas um ponto à frente dos “Leões Indomáveis”.

Os dois países devem fazer uma verdadeira “final” nos Camarões no último dia. Malawi e Moçambique já foram eliminados.

Grupo E: Mali teve um bom começo

Com dois pontos à frente do Uganda, o Mali encontra-se numa posição favorável e certamente terá a oportunidade de validar a qualificação “em casa” (caso o jogo não seja realocado) frente ao “Cranes” na última jornada. O Quénia e Ruanda não estão na corrida.

Grupo F: Egito com o caminho aberto

Ao vencer as duas partidas contra a Líbia, o Egito ultrapassou o adversário na liderança e abriu caminho. Os “Cavaleiros do Mediterrâneo” tem 4 pontos, o Gabão para 6 e nada parece ser capaz de perturbar os Faraós. Angola já está eliminada.

Grupo F: África do Sul ou Gana?

Com um ponto de avanço, a África do Sul está a resistir ao Gana, mas os “Black Stars” “levantaram a cabeça” com duas vitórias consecutivas e terão a vantagem de jogar em casa na “final” da última jornada contra os “Bafana Bafana”. A Etiópia e o Zimbábue já estão fora.

Grupo H: Senegal primeiro qualificado

Com uma vantagem de 8 pontos na liderança, o Senegal já não pode ser alcançado e conquistou a primeira passagem para os play-offs. Togo, Namíbia e Congo foram, portanto, eliminados.

Grupo I: Também já está feito para Marrocos

O Marrocos também se classificou ao derrotar a Guiné-Conacri (4-1), que viu os seus sonhos para o Mundial “esfumarem-se”, tal como a Guiné-Bissau e o Sudão.

Grupo J: Tudo em aberto

No papel, este é o grupo mais aberto já que as quatro equipas ainda estão na corrida! A Tanzânia e o Benim, que se defrontaram, partilham a liderança com 2 pontos à frente da República Democrática do Congo e 4 pontos sobre Madagáscar.

A tendência ainda é favorável aos tanzanianos e beninenses, que poderiam travar um duelo à distância, até ao fim.

Estas duas equipas vão receber na quinta jornada e têm que vencer os congoleses e aos malgaxes.

Recorde-se que a primeira seleção de cada grupo segue para a terceira fase de apuramento para o Mundial de 2022 no Catar.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.