Somália
Presidente retoma as negociações para eleições

O Presidente somali, Mohamed Abdullahi Mohamed, retomou, ontem (03/05), as negociações para a organização de eleições no curto prazo, uma decisão elogiada pela oposição e que afasta no imediato a perspetiva de novas violências naquele país africano.

Num breve discurso perante os deputados, transmitido em direto pela televisão e citado pela Reuters, o Presidente apelou a uma solução negociada para ultrapassar a atual crise política, ao renunciar na prática ao prolongamento do seu mandato presidencial adotado a 12 de Abril.

Madagáscar

PAM alerta para a fome que resulta da situação de seca

O Programa Alimentar Mundial (PAM) alertou, ontem (03/05), que a seca não acabou e está a agravar a fome no Sul de Madagáscar, tendo o número de crianças em desnutrição aguda quase duplicado em quatro meses.

“Esta desnutrição de crianças menores de cinco anos atingiu agora o espantoso valor de 16,5 por cento, de acordo com uma recente avaliação do Ministério da Saúde malgaxe”, afirmou o PAM num comunicado citado pela Reuters.

Vários anos consecutivos de seca deixaram 1,35 milhões de pessoas numa situação vulnerável, necessitando de “ajuda alimentar e nutricional de emergência”. Desde Setembro, o início da estação seca, as famílias esgotaram as reservas alimentares e consumiram as reservas de sementes, não deixando nada para a época de plantio, de Novembro/Dezembro de 2020.

Tanzânia: Samia Hassan assume a liderança do partido Chama Cha Mapinduzi

A Presidente da Tanzânia, Samia Suluhu Hassan, que sucedeu a John Magufuli como Chefe de Estado da Tanzânia, foi eleita líder do Chama Cha Mapinduzi (CCM), o antigo partido único que está no poder desde a independência do país em 1961, revelou, ontem (03/05), a Reuters.

Suluhu, de 61 anos, foi vice-Presidente de John Magufuli, que morreu repentinamente de um ataque cardíaco ─ embora fontes não oficiais tenha dito que seria do Covid19 ─ no final de Março 2021

Samia Hassan é a primeira mulher Presidente da Tanzânia e a primeira mulher a chefiar o CCM.

Desde a sua tomada de posse, a 6 de Abril, iniciou um estilo diferente ao do seu antecessor, apelidado de “Bulldozer”.

Num recente discurso aos parlamentares, Suluhu disse que está pronta para defender a democracia e as liberdades fundamentais e anunciou que se reunirá com líderes da oposição.

Pela redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome