A Etiópia marcou as eleições legislativas e regionais para 5 de junho, depois de terem sido adiadas em agosto devido à pandemia de covid-19 que afeta o país.

A Comissão Eleitoral, responsável pela organização, anunciou a data explicando que a campanha eleitoral oficial decorrerá entre 15 de fevereiro e 31 de maio, sendo instaladas 40 mil assembleias de voto, das quais sairão os resultados anunciados até final de junho.

A Frente Democrática do Povo Etíope, liderada pelo atual primeiro-ministro, Abiy Ahmed, controla todos os lugares no Parlamento e prometeu realizar eleições credíveis, que surgem no rescaldo da crise da região do Tigray.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.