O Primeiro-Ministro etíope, Abiy Ahmed, autorizou militares a lançarem a “ofensiva final” à capital regional do Tigray após terem expirado as 72 horas para a rendição dos líderes rebeldes.

Numa declaração publicada nos meios de comunicação social, o Prémio Nobel da Paz e Primeiro-Ministro etíope, Abiy Ahmed, autorizou o exército etíope a iniciar uma ofensiva a capital do Tigray ,mas acrescentou que seriam tomados todos os cuidados para proteger civis inocentes.

O Primeiro-Ministro acrescentou que seriam feitos esforços para assegurar que a cidade de Mekelle, com meio milhão de habitantes, não fosse “gravemente danificada”.

“O período de 72 horas concedido ao TPLF para a rendição pacifica está agora terminada e a nossa aplicação da lei chegou à fase final da campanha”, disse Abiy na sua conta no Twitter, acrescentando que milhares de combatentes já se renderam.

Por seu lado a liderança do Tigary nega que os  combatentes se estejam a render.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.