EUA: Congressistas querem mais empresas americanas em Angola

O aumento da presença de empresas americanas em Angola foi dos assuntos abordados durante uma audiência que o Presidente de Angola João Lourenço, concedeu, neste sábado, 21 de agosto 2021, a um grupo de sete congressistas norte-americanos, que se encontra de visita ao país, segundo noticiou o Jornal de Angola.

No final da audiência, Karen Bass, que chefia a delegação de congressistas, congratulou-se com o facto de uma das empresas envolvidas na construção da refinaria do Lobito ser americana. Relativamente à construção daquela infraestrutura, Karen Bass disse: “Isto é muito bom, porque os recursos africanos não devem continuar a sair. Desta forma, os recursos vão trazer mais benefícios para os cidadãos africanos”.

Presidente da Subcomissão para África, Saúde Global e Direitos Humanos do Congresso norte-americano, Bass reafirmou a disponibilidade dos EUA continuarem a ajudar Angola “naquilo que for possível”. “Pretendemos ajudar Angola em vários sentidos, (como) no reforço do sistema financeiro e de eletrificação do país”, exemplificou.

O encontro com o Presidente João Lourenço, disse, serviu para o reforço das relações entre os EUA e Angola, país que visita pela segunda vez e considerou ser lindo.

“Aproveitamos a oportunidade para felicitar o Presidente de Angola pelo seu papel de liderança, não só no país, mas também na região”, acrescentou a congressista, numa referência ao empenho do Chefe de Estado angolano na busca de soluções para a paz, estabilidade e segurança na África Austral e Central, na qualidade de presidente em exercício da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIRGL).

A congressista Karen Bass garantiu que a visita serve para reforçar as relações entre os dois Estados e com o povo angolano, cujos “laços históricos e sociais apresentam elementos comuns”.

“Além dos vários assuntos tratados, viemos, igualmente, promover e diversificar os nossos negócios e ver de que forma podemos reforçar a nossa cooperação, através de ajudas múltiplas”, revelou a representante do Estado da Califórnia.

Estiveram presentes no encontro, congressistas dos Estados norte-americanos de Kansas, Califórnia, Indiana, Michigan e Geórgia, que entre outros, têm na agenda encontros marcados com a sociedade civil angolana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.