Quase uma semana após Joe Biden ter sido declarado vencedor das eleições presidenciais e sem explicar os motivos do atraso face a outras nações, Pequim felicitou o Presidente eleito e também a vice-presidente.

O porta-voz do Governo chinês acrescentou ainda que o resultado “será confirmado de acordo com as leis e procedimentos dos EUA “

“Respeitamos a escolha do povo norte-americano”, disse um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros da China esta sexta-feira (13/11/).

“Damos os parabéns a Biden e Harris”. Até agora, China e Rússia eram dos poucos países que ainda não tinham feito qualquer referência ao novo Presidente norte-americano.

As relações entre China e EUA deterioram-se rapidamente desde que Donald Trump assumiu a presidência. Os dois países enfrentam uma guerra comercial e tecnológica e disputas em torno da soberania do mar do Sul da China, a questão de Taiwan ou o estatuto de Hong Kong.

Trump classificou a China como uma ameaça à segurança dos EUA e impôs restrições sob as exportações de tecnologia para o país asiático. Também a insistência do ainda Presidente em apelidar a covid-19 de “vírus chinês” contribuiu para antagonizar as relações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.