Os advogados de Trump já avançaram com pelo menos 15 processos só na Pensilvânia, mas também há outros em andamento no Arizona, Geórgia, Michigan e Nevada. No Estado da Geórgia o Secretário de Estado – um republicano – afirmou que não há sinais de fraude na contagem dos votos.

Ontem (11/11) foi a primeira aparição pública de Trump mas curta, na ocasião do Dia dos Veteranos, no cemitério de Arlington, após ter passado os últimos dias a lançar twitters que repetem as acusações não provadas de fraude, criticar o processo eleitoral e atacar um representante republicano que defendeu que não houve fraude em Filadélfia.

A agência de notícias Associated Press, diz que cada vez há mais assessores próximos de Trump a acreditarem que as eleições estão, de fato, perdidas, e que terão de deixar a Casa Branca antes da posse de Biden, no dia 20 de janeiro.

Apesar de se manter longe das camaras, Trump tomou uma série de decisões nos últimos dias, tais como demitir o Secretário de Defesa. De qualquer modo, especialistas não acreditam que o resultado das eleições possa ser revertido em um só estado e muito menos a nível nacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.