Fintech Tala arrecada 145 milhões de dólares para apoiar microcrédito.

Dois anos depois de ter garantido 100 milhões de dólares, a empresa de microcrédito focada em mercados emergentes, Tala, conseguiu um financiamento ainda maior que será usado para reforçar os seus negócios nos 4 mercados em que opera.

A Tala, que fornece serviços financeiros digitais para pessoas com poucos recursos nos mercados emergentes, anunciou que arrecadou 145 milhões de dólares num processo liderada pela Upstart, com participação da Stellar Development Foundation.

A arrecadação de fundos eleva o total de fundos conseguidos até agora pela empresa instalada no Quénia, Índia, Filipinas e México para mais de 350 milhões.

A Tala, cujos empréstimos variam entre 10 e 500 dólares, está avaliada em 800 milhões de dólares.

A fintech fundada em 2011 por Shivani Siroya pretende utilizar este investimento para “fortalecer os seus serviços, desenhar novas ferramentas para poupar e gerir os fundos dos seus clientes e também desenvolver produtos criptográficos para o público em geral”, afirmou ele.

A empresa pretende desenvolver uma ampla gama de produtos e serviços financeiros para o benefício de pessoas carentes e sem acesso aos bancos e planeia projetar novos produtos financeiros e continuar a expandir-se geograficamente em outros mercados emergentes.

A Tala, que tem sido apoiada por novos e antigos investidores, afirma ter concedido empréstimos de mais de 2,7 mil milhões de dólares aos seus clientes nos seus 4 principais mercados operacionais.

Os microcréditos concedidos foram utilizados para o desenvolvimento de atividades e gestão das necessidades diárias.

close
pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.