A Fundação para a Conservação da Biodiversidade (BIOFUND) aprovou, para 2021, um orçamento de cerca de nove milhões de dólares para as áreas de conservação da biodiversidade em Moçambique.

A iniciativa inclui apoio a atividades comunitárias de interesse para a conservação realizadas nas zonas tampão.

Parte deste orçamento de 2021 será coberto por recursos do programas MOZBIO II, do Banco Mundial, da AFD/FFEM, do programa PROMOVE Biodiversidade, da União Europeia (UE) e por recursos próprios da BIOFUND.

A parte restante será financiada pelo banco alemão KfW, pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e pela USAID.

No próximo ano, a BIOFUND prevê ainda continuar o seu esforço de mobilização de mecanismos de financiamentos inovadores para a conservação da biodiversidade, e de intensificação de ações de formação de modo a contribuir para o melhoramento contínuo dos recursos humanos do Sistema Nacional das Áreas de Conservação.

Outro destaque para as atividades de 2021, vai para a continuidade do “BIO-Fundo de Emergência”, criado em Junho de 2020 com o objetivo de assegurar os postos de trabalho dos fiscais e pessoal essencial para apoio à fiscalização, das Áreas de Conservação sob gestão pública e privada, em resposta ao impacto negativo da pandemia do COVID-19 no sector da turismo.

O BIO-Fundo de Emergência, no valor de cerca de 3 milhões de dólares , é alimentado com recursos provenientes do próprio fundo, acrescido de importantes contribuições do Governo da Suécia e da USAID.

Voltado, desta feita, para a mitigação dos desastres climáticos que possam afetar o património natural do país foi aprovado nesta 19ª sessão do Conselho de Administração da BIOFUND o Projeto ECO-DRR, financiado pela AFD.

A BIOFUND – Fundação para a Conservação da Biodiversidade é um Fundo Ambiental, uma instituição não lucrativa e de direito privado que mobiliza, aplica e gere recursos financeiros em benefício exclusivo da conservação da biodiversidade em Moçambique.

Foi criada seguindo as normas de melhores práticas internacionais para Fundos de Conservação, consagradas nos parâmetros da CFA (Conservation Finance Alliance). Além da sua atuação específica como Conservation Trust Fund, o organismo traz ao esforço da conservação em Moçambique o contributo do sector privado, da sociedade civil e da academia.

close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.