O Presidente do Gana Nana Akufo-Addo declarou: “Dei instruções para que todas as bandeiras nacionais estejam a meia haste durante os próximos sete dias em todas as partes do país e declarei sete dias de luto nacional a partir de sexta-feira 13 de novembro de 2020. ”

“Transmito as profundas simpatias do governo e do povo de Gana à sua esposa Nana Konadu Agyeman-Rawlings, aos filhos e à família do falecido presidente nestes tempos difíceis.”

O comunicado disse que o governo trabalhará em estreita colaboração com a família do falecido presidente nos preparativos para um “funeral adequado” para ele.

“Caiu uma grande árvore. O Gana está mais pobre com esta perda”, disse ele.

Chegam muitas homenagens ao ex-presidente de Gana, Jerry Rawlings, que morreu em Accra na manhã de quinta-feira (12/11) aos 73 anos.

O presidente da Comissão da União Africana, Moussa Faki Mahamat, tuitou: “A África perdeu um grande pan-africanista e um carismático estadista continental.

“Minhas sinceras condolências à família, ao povo e ao governo de Gana.”

O presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, expressou as suas sinceras condolências, dizendo que “todo o continente africano sentirá muita falta das excelentes qualidades do grande líder”.

Também disse acreditar que “a paixão, disciplina e força moral que o ex-líder ganense empregou para reposicionar o seu país ao longo de muitos anos” “continuará a ouvir-se em todo o continente e além”.

Buhari também esperava que as ideias de Rawlings “para o desenvolvimento na África sejam sempre lembradas”.

O presidente da Libéria, George Weah, num tweet, disse: “Gana, Libéria e África sentirão a falta de um grande líder. A Libéria lembra a imensa contribuição dada por ele, para a obtenção e manutenção da paz durante os dias sombrios de nossa própria história. ”

O professor pan-africanista PLO Lumumba num post no Facebook disse: “Estou triste em saber da morte do presidente Jerry Rawlings, um bom amigo e grande homem. Vamos honrá-lo imitando sua coragem e franqueza. J. J. Velhos soldados nunca morrem. ”

O ex-vice-presidente nigeriano, Atiku Abubakar, tuitou: “Jerry Rawlings era um gigante africano. O seu mandato como líder de Gana contínua emblemático com a restauração daquele país. Mesmo depois do cargo, ele defendeu a unidade africana e o renascimento africano ”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite aqui o seu nome


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.