Gana: Start-up lança táxis movidos a energia solar

Face ao aumento dos preços dos combustíveis e da poluição causada pela indústria automobilística, Jorge Appiah, através da start-up SolarTaxi, assumiu como missão fazer a transição para a energia limpa com carros solares.

Lançada há 3 anos, a sua start-up, Solar Taxi já se tornou conhecida nas maiores cidades de Gana.

SolarTaxi, uma iniciativa movida pelo hub Kumasi Hive, lançou uma linha de táxis movidos a energia solar.

A start-up fornece motocicletas, triciclos e carros elétricos montados localmente, bem como acesso a estações de recarga.

As peças desses veículos são importadas do exterior para serem montadas em questão de semanas. Depois de montados, os veículos são utilizados como táxis ou colocados à disposição do público em geral.

Os pedidos são feitos por meio de um aplicativo desenvolvido pela start-up para tornar seu atendimento mais conveniente na era digital. A Solar Taxi também oferece aluguel mensal dos seus carros.

O projeto foi lançado em setembro de 2018, em parceria com a Fundação Mastercard e o seu promotor, Jorge Appiah, disse na altura que “os veículos elétricos, são uma alternativa de transporte inovadora, têm o potencial de mitigar as mudanças climáticas e fornecer transporte acessível aos ganenses”.

No Gana, há aumentos frequentes no preço do combustível e a Solar Taxi quer oferecer uma solução que seja tão económica quanto prática. Quem não tem veículo pode facilmente solicitar um veículo pelo app, a um preço acessível.

O uso de energia solar é perfeitamente adequado, já que o país tem 1.800 a 3.000 horas de sol por ano. A rede elétrica nacional não é confiável, em particular por causa dos cortes e ainda é inacessível em algumas áreas remotas. Ao abrir estações solares, a start-up garante uma fonte independente de energia para seus usuários.

Solar Taxi também ajuda a reduzir a pobreza e a criar oportunidades de emprego para os jovens, ao mesmo tempo que protege o meio ambiente.

Para ajudar a empoderar as mulheres, Jorge Appiah também criou uma Academia de Treino de Motoristas que visa treinar mulheres para operar e manter veículos elétricos, ao mesmo tempo que lhes ensina regras de segurança no trânsito.

Em três anos de existência, a Solar Taxi se estabeleceu com sucesso em 4 grandes cidades de Gana.

A longo prazo, o fundador espera que o seu progresso contribua para que o país atinja a sua meta de reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 15% até 2030.

 

O que achas disto? África tem que apostar mais em veículos deste tipo? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

Imagem: © 2021 Solar Taxi
close

VAMOS MANTER-NOS EM CONTACTO!

Gostaríamos de lhe enviar as nossas últimas notícias e ofertas 😎

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.