Google: James Manyika do Zimbabué nomeado VP.

Embora a imprensa lusófona nada tenha dito, a Google acaba de criar um posto e uma função sumamente importante nos tempos que correm e que tem a ver com a interconexão entre a tecnologia e a sociedade.

E para o a posição de Vice-Presidente sénior escolheu, no final de Janeiro de 2022, James Manyika, até então, chefe do McKinsey Global Institute, para ser o seu primeiro vice-presidente sénior de tecnologia e sociedade, uma importante mas também uma agradável surpresa para o continente africano, em plena revolução tecnológica.

Em um comunicado à imprensa disponibilizado pela gigante da tecnologia, o CEO Sundar Pichai, expressou o quão emocionado estava por ver Manyika se juntar-se ao grupo.

“Estou muito feliz por James Manyika juntar-se à equipa de liderança do Google. Ele [James Manyika] passou décadas a trabalhar na interseção da tecnologia e da sociedade e aconselhou várias empresas, instituições académicas e governos ao longo do caminho”, disse Pichai.

Mwanyika vai estar no epicentro do debate sobre o impacto da tecnologia nas sociedades em todo o mundo e esses debates geram-se na esmagadora maioria dos casos em torno do papel do Google.

O grupo espera que a nomeação de Manyika ajude o Google a moldar e compartilhar as opiniões do grupo sobre como a tecnologia afeta as sociedades.

Mais especificamente, Manyika ajudará a moldar a visão do Google sobre questões como o futuro do trabalho, inteligência artificial, sustentabilidade, e como tudo isso afeta as sociedades, as economias e o planeta como um todo.

 

Quem é o novo VP da Google?

Cidadão do Zimbábue, obteve o seu primeiro diploma em Engenharia Elétrica pela Universidade do Zimbábue tendo prosseguido para a Universidade de Oxford, no Reino Unido, onde obteve vários graus de pós-graduação, incluindo um doutoramento em Inteligência Artificial (IA) e robótica.

Em termos de experiência corporativa, entre 1994 e 2022, trabalhou na McKinsey & Company, onde foi promovido a vários cargos de alto perfil, incluindo Presidente/Diretor do McKinsey Global Institute.

Também faz parte dos conselhos de muitas outras organizações, incluindo o Aspen Institute, Khan Academy, MacArthur Foundation, William and Flora Hewlette Foundation, Broad Institute of MIT & Harvard, Council on Foreign Relations.

 

O que achas artigo? Esta nomeação é importante para África? Queremos saber a tua opinião, não hesites em comentar e se gostaste do artigo partilha e dá um “like/gosto”.

close
pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.