Google vai investir no Ruanda.

Nos últimos anos, o governo de Ruanda formou várias parcerias com empresas internacionais de tecnologia. O país que almeja fazer da tecnologia digital um pilar do seu crescimento socioeconómico tem agora um parceiro de renome para apoiá-lo.

A República de Ruanda, por meio de seu Ministério de TIC e Inovação, anunciou nesta quinta-feira, 18 de novembro 2021, a sua colaboração com a empresa americana Google para acelerar a sua transformação digital.

Seis áreas principais foram identificadas. São elas: o desenvolvimento da alfabetização digital, habilidades digitais básicas, através da formação de embaixadores digitais; melhorar os conhecimentos técnicos de 500 desenvolvedores e um programa de incubação de fintech (tecnologias financeiras) para empresas start-ups desse sector.

Também se espera que acelere o crescimento do comércio eletrónico, ajudando 3.000 pequenas e médias empresas a conectarem-se e ao fornecer acesso à Internet de 1.000 funcionários.

Outros aspetos incluem melhorar os mapas digitais dos principais centros urbanos de Ruanda usando o Google Street View para tornar o país mais conhecido pelo mundo; melhorar o acesso ao património cultural de Ruanda por meio da tecnologia digital em colaboração com museus nacionais.

Para além disto, está o apoio para uma estrutura digital da política que contribuirá para um ecossistema aberto de pagamentos digitais por meio da plataforma Mojaloop.

De acordo com Paula Ingabire, Ministra de TIC e Inovação de Ruanda, o crescimento da economia digital que será apoiado pelo Google “é essencial e continuará a estimular a transformação económica nacional de acordo com a visão do país de se tornar uma economia impulsionada no conhecimento “.

A experiência que o Google trará para o Ruanda faz parte do vasto programa de apoio à transformação digital da África revelado pela empresa americana em outubro passado.

Um programa que prevê um investimento de mil milhões de dólares ao longo de 5 anos para melhorar o acesso à Internet e produtos digitais, apoiar start-ups, capacitar empresas e apoiar associações sem fins lucrativos.

Com o apoio do Google, o Ruanda vai fortalecer os conhecimentos dos seus jovens para empreenderem digitalmente, para criarem empregos e riqueza com as TICs e para promoverem e venderem o destino Ruanda no mundo.

Esta iniciativa e ações ajudarão a atrair mais investimentos para o país e apoiam o crescimento económico nacional. De acordo com a visão do governo, esta colaboração expõe a ambição da liderança de fazer da tecnologia um fator de desenvolvimento económico inclusivo.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.